Responsabilidade Social

Nutricionistas lançam o Nutrir Amor para ajudar lares de idosos durante conteção ao coronavírus

Projeto vai reverter todo o lucro dos atendimentos online à compra de materiais de limpeza e itens de higiene pessoal aos abrigos

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 19/03/2020 às 14:55
Notícia
ARQUIVO PESSOAL
Nutricionista Vanessa Tavares teve ideia para ajudar idosos de asilos após liberação do Conselho Federal de Nutrição (CFN) para primeiro atendimento online com a crise do coronavírus - FOTO: ARQUIVO PESSOAL
Leitura:

Com o isolamento social recomendado para a contenção do novo coronavírus no Brasil, o covid-19, o Conselho Federal de Nutrição (CFN) flexibilizou uma de suas resoluções. Na noite da última quarta-feira (18), lançou documento que faculta aos nutricionista o acompanhamento nutricional online. Antes da pandemia, era proibido que o primeiro encontro se desse desta forma. Feliz com a determinação, mas inquieta por buscar maneiras de ajudar o próximo, a nutricionista pernambucana Vanessa Tavares viu na possibilidade de continuar trabalhando uma forma de ajudar os idosos que estão em abrigos e constituem os principais integrantes do grupo de risco.

Assim que a determinação do CFN saiu, ela se uniu a outro colegas com a proposta de oferecer os atendimentos nutricionais online a um preço mais acessível, sem, no entanto, tratar-se de promoção. Dentro dessa perspectiva, todo o lucro adquirido pelo grupo será revertido na compra de materiais de limpeza e higienização de ambientes doados a lares que abrigam idosos. Itens para a higiene pessoal dos moradores dessas instituições também constam na lista de produtos que serão entregues pelo grupo de nutricionistas. Nessa iniciativa, eles só irão reter o valor referente aos seus custos. Os profissionais batizaram o projeto de Nutrir Amor.

>>Treino para fazer em casa durante contenção ao coronavírus

>>Coronavírus: entenda como o sono renova o sistema imunológico

>>Coronavírus: nutricionista explica como melhorar a imunidade

"É um projeto para ajudar na parte econômica dos nutricionistas, mas também para pensar no macro. Os atendimentos online vão ajudar muito na nossa questão financeira, mas não posso pensar só na minha questão. Com parte do lucro, vamos comprar materiais de limpeza e higienização de ambiente para os lares de idosos. Serão dois quites: um para a limpeza do ambiente e outro para uso pessoal deles. Porque as doações devem diminuir muito nessa época tão difícil e eles são os que mais precisam de proteção", afirmou Vanessa Tavares.

Como quanto mais nutricionistas participarem dessa "corrente do bem" melhor, Vanessa faz um apelo para que os colegas de profissão abracem a ideia. Os interessados podem procurá-la por meio do instagram  @nutri.vanessatavares ou pelo número que é apenas WhatsApp (81) 99375-2313. Nutricionistas de outros estados também são bem-vindos.

"Me encantei quando recebi a proposta para fazer parte do projeto Nutrir Amor, é uma grande oportunidade de auxiliar o principal grupo de risco dessa nova doença, que são os idosos. Além disso, podemos manter o acompanhamento com nossos pacientes, gerando uma melhor qualidade de vida durante esse período da quarenta", disse o nutricionista Ricardo Alcantara.

"Fui convidada por Vanessa para fazer parte do projeto e achei INCRÍVEL, quando colamos grau fizemos um juramento de promover saúde, e é isso que faremos", completou a nutricionista Gabriella Amorim.

Comentários

Últimas notícias