coluna vida fit

Polícia investiga Cláudia Raia por exercício ilegal da profissão de educação física

Conselho Regional de Educação Física protocolou notícia-crime contra Cláudia Raia por exercício ilegal da profissão

Gabriela Máxima
Cadastrado por
Gabriela Máxima
Publicado em 19/11/2020 às 7:37 | Atualizado em 19/11/2020 às 13:39
Foto: Reprodução / Instagram
No vídeo Cláudia Raia realiza seu treino e dá dicas sobre os exercícios para seus seguidores - FOTO: Foto: Reprodução / Instagram
Leitura:

A Polícia Civil de São Paulo abriu inquérito para investigar denúncia contra Cláudia Raia por exercício ilegal da profissão de educação física. A atriz publicou em suas redes sociais um vídeo de seu treino e, durante a atividade física, ela dá dicas de execução dos exercícios para seus seguidores. O Conselho Regional de Educação Física (Cref1-RJ/ES) havia protocolado uma notícia-crime por exercício ilegal da profissão junto ao Ministério Público Estadual contra a atriz no último mês de julho. 

>> Cláudia Raia é alvo de denúncia por exercício ilegal da profissão de educação física

>> Cláudia Raia diz que aeróbio "come" testosterona e profissional explica o erro na afirmação

O Cref1-RJ/ES, responsável pelos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, oficializou a documentação após receber várias denúncias de profissionais de saúde. O órgão falou sobre o assunto em nota oficial. "Reforçamos que o conteúdo específico de orientação ou prescrição de treinamento especializado de atividade física é função própria do profissional de Educação Física devidamente registrado no sistema CONFEF/CREF’s, nos termos da Lei Federal 9.696/98", diz trecho da nota divulgado pelo órgão.

Confira a notícia-crime completa.

A prática de exercícios ilegal da profissão pode ser encontrada no artigo 47 da Lei das Contravenções Penais, que prevê exercício de profissão ou atividade econômica ou anunciar que exerce sem preencher as condições a que por lei está subordinado o seu exercício. A pena pode ser prisão simples de 15 dias a três meses ou pode ser também multa.

De acordo com informações do site de notícias Uol, Cláudia Raia se apresentou à 2ª Delegacia de Polícia da Divisão de Investigações sobre infrações contra a saúde. A atriz explicou que estava acompanhada de seu personal trainer Marcos Prado e, portanto, não estava praticando exercício ilegal da profissão de educação física. 

De acordo com a categoria, é comum a prática do exercício ilegal da educação física em redes sociais por parte de atores, celebridades, blogueiros, influenciadores digitais, entre outros. A prática dificulta a atuação dos profissionais da área e prejudica o desenvolvimento do setor.

Comentários

Últimas notícias