Credo! Que delícia!

Vilã para Cristiano Ronaldo, o quão maléfica a Coca-Cola realmente é para saúde?

Gesto de Cristiano Ronaldo substituindo a Coca-Cola por água rendeu um grande prejuízo à marca

Marília Banholzer
Marília Banholzer
Publicado em 16/06/2021 às 18:41
Notícia
DIVULGAÇÃO
Pernambucanos consomem mais refrigerantes em relação ao Nordeste - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Bastou um gesto do craque do futebol mundial Cristiano Ronaldo para a Coca-Cola ter um prejuízo de US$ 4 bilhões (pouco mais de R$ 20 bilhões). Nesta terça-feira (16), ao se posicionar para uma entrevista coletiva em meio à Eurocopa, o jogador português tirou duas garrafinhas do refrigerante da sua frente trocou por água. Ele ainda disse: "Bebam água, não Coca". A mensagem é em prol de hábitos mais saudáveis. Mas... por que é tão difícil largar os refrigerantes (em especial a Coca-Cola)?

De acordo com o neurocientista, neuropsicólogo e biólogo Fabiano de Abreu, a resposta é algo muito mais científico do que um simples agrado no paladar gerado pela bebida. “A Coca-Cola tem ácido fosfórico e cafeína em sua composição, essa combinação tem efeito diurético e faz com que seu corpo acabe eliminando vitaminas e nutrientes”, revela.

>> Pernambucanos tomam mais refrigerante e malham menos que a média nacional

Além disso, Abreu conta que o refrigerante possui cafeína em sua composição, “e o excesso deste composto químico potencializa a ansiedade. Sabemos que esta quando não controlada pode trazer malefícios diversos, entre eles a depressão. Pessoas ansiosas que buscam nessa bebida a recompensa pela dopamina que ela proporciona, aumenta mais essa inquietação provocando um ciclo que resultará em prejuízos”.

Foto: Divulgação
Bebidas com adição de açúcar aumentam o risco de morte - Foto: Divulgação

Outro detalhe que o neurocientista observa é sobre os efeitos da quantidade de açúcar presente na Coca-Cola no cérebro: “A bebida tem muita quantidade dele e seus picos no sangue são responsáveis por sintomas como: alteração de humor, irritabilidade, confusão mental e cansaço.”

Vale lembrar que “o consumo de alimentos ricos em açúcar e carboidratos têm influência negativa sobre os neurotransmissores como a serotonina, responsável pelo humor, está relacionada ao consumo moderado de açúcar. A ingestão exagerada pode prejudicar o funcionamento cerebral acarretando os sintomas da depressão. Além disso, o consumo exagerado de açúcar causa danos nas sinapses do cérebro, prejudicando a conexão neuronal”, completa Fabiano.

Sem polêmicas

Apesar do ator de Cristiano Ronaldo, o que poderia virar uma grande polêmica para a Uefa e para a para própria marca, patrocinadora da Euro 2020, acabou sendo minimizado por ambas. Vale salientar que a Coca-Cola é parceira de longa data da Uefa e patrocina a Eurocopa desde 1988. São nove edições seguidas, incluindo a atual, e é comum ela colocar sua bebida ao lado dos microfones durante as entrevistas coletivas de técnicos e jogadores.

REPRODUÇÃO
Cristiano Ronaldo viralizou na internet após afastar garrafinhas de refrigerante da sua frente durante coletiva de imprensa - REPRODUÇÃO

A Uefa avisou que não prevê qualquer tipo de punição ao jogador, mas reforçou que a empresa Coca-Cola oferece uma variedade de bebidas para atender a diferentes gostos e necessidades, que estão disponíveis para os jogadores durante todo o torneio. "Isso inclui águas, bebidas isotônicas e sucos, café e chá, bem como Coca-Cola. Os jogadores recebem água, ao lado da Coca-Cola e da Coca-Cola Zero, na chegada às nossas coletivas de imprensa. Todos têm direito às suas preferências de bebida", disse. Já a marca de refrigerantes preferiu não se manifestar sobre o caso.

Cristiano Ronaldo e a alimentação saudável 

No ano passado, o jogador já tinha criticado o consumo de refrigerantes ao falar sobre a alimentação de seu filho mais velho, Cristiano Ronaldo Júnior, de 10 anos. "Sou duro com ele, às vezes, porque ele bebe Coca-Cola e Fanta. Eu fico irritado com ele quando ele come batata frita e tudo o mais, e ele sabe que eu não gosto. Até meus filhos menores, quando eles comem chocolate, sempre olham para mim", disse CR7.

Comentários

Últimas notícias