CORONAVÍRUS

Após participarem do Natal da Vila, de Carlinhos Maia, mais de 40 trabalhadores testam positivo para covid-19, diz colunista

De acordo com o colunista Erlan Bastos, 47 trabalhadores que prestaram serviços na festa testaram positivo

JC
JC
Publicado em 25/12/2020 às 18:14
Notícia
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM/CARLINHOS MAIA/LEO NASCIMENTO
O evento aconteceu em Penedo, Alagoas - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM/CARLINHOS MAIA/LEO NASCIMENTO
Leitura:

Quarenta e sete profissionais que trabalharam no 'Natal da Vila', do humorista e influenciador digital Carlinhos Maia, no dia 19 de dezembro, em Penedo, Alagoas, tiveram diagnóstico de covid-19 confirmado após o evento, segundo o colunista Erlan Bastos, do Observatório dos Famosos. A festa, que reuniu diversos famosos e gerou aglomeração no momento em que o Brasil vive nova alta no número de casos da doença, motivou várias críticas ao influencer.

>> Carlinhos Maia promove festa de Natal com aglomeração e é criticado na web

Segundo Erlan Bastos, ao menos duas das 47 pessoas estão internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ei há influenciadores que participaram da festa 'escondendo' o diagnóstico da doença. O colunista diz ainda que, no 'Natal da Vila', não foi feita testagem de todos os convidados e que em nenhum momento foi exigido o uso de máscara.

Natal da Vila gerou críticas a Carlinhos Maia

Carlinhos Maia foi criticado por dar uma festa cheia de famosos no dia 19 de dezembro, quando o Brasil registrou uma nova alta no número de mortes provocadas pelo novo coronavírus em todas as regiões do país. De sexta para sábado, foram registradas 678 novas mortes por covid-19, totalizando 186.365 pessoas mortas vítimas da doença. Por causa disso, o digital influencer se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter neste domingo (20).

Batizada de "Natal da Vila", a festa foi realizada na cidade de Penedo, em Alagoas, e contou com vários influenciadores digitais, como os pernambucanos Gicely Rafaela e Leo Nascimento, além de outros artistas, famosos e anônimos. Entre as atrações do evento, a banda Calcinha Preta, Rodrigo Teaser, o Cover Michael Jackson, Dennis DJ, cantora e ex-BBB 20 Gabi Martins, e o cantor Tierry. 

Segundo Carlinhos Maia, em uma publicação nas redes sociais antes da festa, o "Natal da Vila" seguiria os protocolos de segurança exigidos pela Secretaria de Saúde alagoana. Em outro post, Carlinhos afirmou que a festa tinha autorização da Secretaria de Saúde e ocorreria com o número permitido de pessoas: "O Natal da Vila vai acontecer, justamente para gerar ainda mais visibilidade para o povo da vila. Não teve o ano passado. Tudo dentro da lei. Com autorização da sec (sic) de saúde, o número permitido de pessoas, bombeiro, polícia! Testes e desintoxicador!", escreveu ele.

Apesar da explicação, internautas de anônimos a famosos, como Tatá Werneck, não perdoaram a aglomeração causada pelo humorista, principalmente, porque nos vídeos publicados por Carlinhos e seus convidados nas redes sociais, as pessoas aparecem sem máscara.

Nas críticas ao humorista, houve também quem citou a morte da atriz Nicette Bruno, que, aos 87 anos, morreu vítima da covid-19, na manhã deste domingo (20), após ser infectada por um parente que a visitou. Ela estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Casa de Saúde São José, no Humaitá, Zona Sul do Rio.

Comentários

Últimas notícias