DESABAFO

''Ainda machuca muito'', desabafa Gil do Vigor após ser alvo de comentários de conselheiro do Sport

O economista e ex-BBB se pronunciou nesta sexta-feira (14) em suas redes sociais

Rute Arruda Carolina Fonsêca
Rute Arruda
Carolina Fonsêca
Publicado em 14/05/2021 às 22:40
Notícia
ANDERSON STEVENS/SPORT
ABSURDO O ex-BBB Gil do Vigor foi alvo de homofobia de um conselheiro do Sport - FOTO: ANDERSON STEVENS/SPORT
Leitura:

O ex-participante do Big Brother Brasil 2021 Gilberto Nogueira, mais conhecido como 'Gil do Vigor', fez um desabafo em suas redes sociais após ser alvo de comentários feitos pelo conselheiro do Sport Club do Recife Flávio Koury, que vieram à tona nesta sexta-feira (14).

"Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca MUITO!", afirmou Gil.

O economista destacou que "é muita dor", mas que segue "firme". Gil ainda disse que providências a respeito do assunto serão tomadas.

Polêmica após visita de Gil do Vigor 

Um áudio está circulando nas redes sociais e gerando polêmica entre os membros do Conselho Deliberativo do Sport. Os áudios associados ao conselheiro do Sport Flávio Koury, onde ele dispara críticas carregadas de preconceito contra o ex-BBB Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, renderam uma enxurrada de pedidos da expulsão de Koury do quadro de conselheiros do clube.

"Se ele tivesse feito dancinha na casa dele ou no bordel, eu não estava nem aí. Foi dentro da Ilha do Retiro, né rapaz? Isso é uma desmoralização! Isso é ausência de vergonha na cara. É isso que estamos vivendo. Não tem mais respeito por pai e filho. É a depravação. Isso é o retrato do que o PT deixou para gente. É exatamente isso", pode ser ouvido no áudio, divulgado no Blog de Jamildo.

Após a divulgação, o Sport publicou, na noite desta sexta-feira (14), uma nota em apoio ao economista pernambucano.

A nota publicada pelo clube no Twitter teve tom semelhante à do vice-presidente executivo do clube, enviada por ele à imprensa, mais cedo nesta sexta-feira. “O Sport Club do Recife é de todos. Gil do Vigor é e será sempre um legítimo representante das cores do Sport”, escreveu. O clube também garantiu, na publicação, que está tomando todas as providências para que “qualquer ato de preconceito seja devidamente penalizado”.

Além do próprio clube e seu vice-presidente, o presidente Milton Bivar publicou a mesma nota em sua conta pessoal no Twitter.

Mais cedo, também em contato com a reportagem do JC e Blog do Torcedor, o presidente do Conselho Deliberativo do Leão, Pedro Lacerda, frisou que os áudios de Flávio Koury não foram enviados em um grupo oficial do Conselho, uma vez que este é bloqueado para o envio de mensagens e apenas a diretoria publica conteúdos como pautas e convocações de reuniões.

"O fato ocorrido não se deu dentro de um ambiente, físico ou virtual, do Sport Club do Recife, do seu Conselho Deliberativo. Quanto ao fato em si, o Conselho só pode tomar qualquer tipo de iniciativa uma vez que receba uma representação por escrito de um conselheiro e que seja protocolada em nossa secretaria", afirmou.

 

 

Comentários

Últimas notícias