pedido negado

Justiça nega pedido de DJ Ivis para impedir ex-mulher de falar sobre agressões com a impressa

Vídeos que mostram o músico agredindo a influenciadora digital Pamella Holanda foram divulgados por ela na noite desse domingo (11)

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 12/07/2021 às 14:59
Reprodução/Instagram
Prints do vídeo em que o cantor e músico DJ Ivis agride sua esposa, Pamella Holanda. - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

O pedido do advogado de Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, para remover o conteúdo em que o músico aparece agredindo a ex-mulher, a influenciadora Pamella Holanda, de 27 anos, foi negado pela juíza Maria José Sousa Rosado de Alencar, da Comarca de Fortaleza. As imagens, que mostram explicitamente o artista deferindo tapas, chutes e puxões de cabelo contra a vítima, foram divulgadas por Pamella na noite desse domingo (11).

>> Famosos apoiam Pamella Holanda, que denunciou agressões de DJ Ivis

>> Zé Felipe se posiciona após divulgar música em parceria com DJ Ivis, em meio a denúncias de violência doméstica contra colega

Além da retirada dos vídeos, DJ Ivis também pedia para que Pamella fosse proibida de comentar sobre o assunto com a imprensa, "principalmente onde citem a filha" menor. No entanto, assim como o outro, esse pedido também foi negado pela Justiça. 

O processo de calúnia foi movido pelo músico ainda nesse domingo, mesma data que ocorreu a decisão da juíza. Nele, a defesa do artista justifica que "na data de hoje, após as 15 horas [ela] comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em site na internet prejudicial a sua reputação".

No processo de calúnia movido por Ives contra Pamella, a defesa do artista justifica que "na data de hoje, após as 15 horas [ela] comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em site na internet prejudicial a sua reputação".

Em sua decisão, a juíza afirmou que é "impossível analisar o pedido, além do que a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria afronta ao direito fundamentada livre expressão da imprensa". Ela também disse que não verificou "qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão" nos vídeos divulgados pela ex-mulher do artista.

"A falta de veracidade ou eventuais excessos veiculados em matérias de internet deverão ser apurados posteriormente, sendo incompatível com o regime de plantão judiciário, pelo que deixo de acolher os pedidos formulados em tutela de urgência", disse a juíza em um trecho.  

O caso

Segundo informações publicadas pelo jornalista Léo Dias, do portal Metrópoles, o artista agrediu a esposa no início do mês, e teria, inclusive, ameaçado a mulher com uma faca.

Ambos chegaram a ser levados para uma delegacia do Ceará, mas Ivis não chegou a ser preso. Conforme informações repassadas a Léo Dias por fontes não reveladas, Pamella foi à delegacia sozinha, enquanto o músico acionou seus advogados para acompanhá-lo. Por conta disso, a mulher ficou amedrontada e acabou saindo da delegacia antes de prestar depoimento e fazer o exame de corpo de delito.

No outro dia, depois de se acalmar, Pamella retornou a delegacia e fez todos os procedimentos necessários, mas o flagrante não poderia mais ser lavrado, diz o Metrópoles. No dia 4 de julho, a Justiça do Ceará teria emitido uma medida protetiva em caráter de urgência a favor de Pamella e da filha do casal, de 9 meses.

Xand encerra parceria

O cantor Xand Avião, que é sócio na empresa Vybbe, um dos maiores escritórios de agenciamento de artistas e shows do País, publicou um vídeo na noite deste domingo se solidarizando com Pamella Holanda, companheira do DJ Ivis, que foi agredida pelo artista nos primeiros dias de julho. Segundo Xand, o contrato de Ivis com a sua empresa será rompido e toda a assistência será prestada a Pamella e à filha que ela tem com o DJ, de apenas 9 meses.

"Estava vindo de Fortaleza e quando cheguei em casa fui pego por essa tempestade do caso do DJ Ivis. Uma coisa muito séria e eu não admito e nem compactuo com qualquer tipo de violência, ainda mais contra uma mulher. Nada explica isso. Quero dizer também que já designei a minha equipe inteira para falar com Pamella e ajudar a ela e à criança no que elas precisarem", afirmou o cantor.

Comentários

Últimas notícias