TELEVISÃO

Em 1997, Taís Araújo migrou da Manchete para a Globo após recusa de cena que reproduz sexo em 'Xica da Silva'

Durante a exibição, a atriz criticou publicamente o diretor e o autor da produção, Walter Avancini e Walcyr Carrasco, respectivamente, em hipersexualizar a figura alforriada e rica. Novela voltou a ser comentada na semana da Consciência Negra

Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Publicado em 16/11/2021 às 16:31
TV CULTURA/REPRODUÇÃO
A atriz Taís Araújo foi a entrevistada desta segunda-feira (8) no programa 'Roda Viva' - FOTO: TV CULTURA/REPRODUÇÃO
Leitura:

Um dos personagens mais icônicos da história brasileira, Xica da Silva retornou ao debate na semana da Consciência Negra. Sua versão mais famosa foi interpretada por Taís Araújo, aos 17 anos, na novela da TV Manchete, em 1996. Durante a exibição, a atriz criticou publicamente o diretor e o autor da produção, Walter Avancini e Walcyr Carrasco, respectivamente, por hipersexualizar a figura alforriada e rica na época do apogeu dos diamantes em Minas Gerais, no século 18. Na época, Taís era uma estrela em ascensão da Manchete, mas decidiu ir para a TV Globo após se recusar a gravar uma cena em que reproduz sexo anal da protagonista.

Leia também: Walcyr Carrasco rebate Taís Araújo sobre cena de sexo em Xica da Silva: 'Não escrevi'

"Seria ingênuo pensar que uma mulher negra, no garimpo, atraísse o homem mais rico do momento sem passar pela cama", disse o autor da novela, em abril de 1997, ao jornal Folha de S. Paulo. Walcyr Carrasco está no ar, hoje, com "Verdades Secretas 2", primeira novela do streaming brasileiro. 

O assunto voltou ao debate após a participação de Taís Araújo no programa Roda Viva, nesta segunda-feira (15), que homenageou Zezé Motta na semana da Consciência Negra. As duas interpretaram Xica da Silva em épocas e meios diferentes. Enquanto Taís levou Xica para a televisão, Motta foi a estrela no cinema sob direção de Cacá Diegues, em 1976.

“No momento em que eu neguei fazer uma cena de sexo anal, Walter Avancini e Walcyr Carrasco foram publicamente dizer que eu estava transformando a Xica da Silva em Maria Chiquinha", disse Taís à Zezé, que ficou surpresa com a história. "Essa história que você contou eu nunca soube", frisou a atriz e cantora, respondendo a outras perguntas das participantes do programa.

História pública

Apesar da surpresa de Zezé Motta, que interpretou a mãe de Taís na novela, a história foi à esfera pública e culminou na saída de Taís Araújo do grupo manchete em 1997. A reportagem "Polêmica pode levar Taís Araújo à Globo", escrita por Daniel Castro para a Folha de S. Paulo, em abril de 1997, mostrava a maturidade da atriz com apenas 18 anos em relação ao assunto.

Em entrevista à matéria, ela declarou que não concordava em reduzir a personagem negra à sensualidade. "Não que eu não concorde que Xica da Silva tenha sido sensual, mas ela foi, acima de tudo, uma mulher de atitude, inteligente. Para mim, aquela cena iria manchar a imagem de Xica", contou Taís. "As pessoas respeitam Xica da Silva por causa de sua inteligência, não pelo erotismo. Eu só quis defender a personagem".

A matéria apontou que o fato iria fazer Taís migrar para a Globo, apesar do sucesso de Xica em audiência. "Avancini, que apostou em Taís -quando ela tinha apenas 17 anos, para ser protagonista da trama- agora dispara contra a atriz, que negocia contrato com a Rede Globo -é cotada para integrar o elenco de "Anjo Mau", próxima novela das seis", dizia o trecho da reportagem.

"Ela fez exatamente aquilo que eu não queria. Se negou a fazer uma Xica da Silva sensual, porque queria se mostrar para a Globo. Preferiu ser uma 'Maria Chiquinha' a ser uma Xica da Silva, feminista e revolucionária. Ela tem talento, mas na Globo vai ser coadjuvante", disse Avancini a Daniel Castro.

De fato, a atriz foi e - contrário do Avancini disse na época - protagonizou uma série de novelas nos anos seguintes. Apesar do descontentamento dos responsáveis pela produção, Taís foi um fenômeno mundial na época. Foi contratada pela Telemundo para divulgar a novela no exterior, que foi exibida até para o público latino nos Estados Unidos. Foi eleita uma das mulheres mais lindas do mundo por editorial espanhol e fez participação em novela colombiana como uma estrela no País.

O que aconteceu em cena?

A cena que gerou discussão sugeria que Xica da Silva oferecesse o sexo anal ao contratador João Fernandes, como uma "prova de amor". Taís se recusou a fazer as cenas de sexo e aparecer nua frente às câmeras, fato que mudou os rumos da personagem na novela.

ASSISTA AO PROGRAMA:

 

Comentários

Últimas notícias