MÚSICA

Lembra de 'Suas Cartas', da banda Brega.com? Cantora Bia Villa Chan lança nova versão; ouça

A artista pernambucana, que é conhecida pelo repertório no forró, no frevo e na música experimental, gravou clássico eternizado por Eliza Mell

Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Publicado em 25/11/2021 às 15:02
Notícia
Divulgação
Bia Villa Chan regrava clássico eternizado por Eliza Mell - FOTO: Divulgação
Leitura:

A música "Suas Cartas", da banda Brega.com, ficou eternizada na voz de Eliza Mell. Um dos clássicos do gênero pernambucano nos anos 2000, agora a música ganha uma nova versão pela cantora e multi-instrumentista Bia Villa Chan, que lançou o material nas plataformas de streaming nesta quarta-feira (24). 

A artista pernambucana, que é conhecida pelo repertório no forró, no frevo e na música experimental, regravou a composição de Alex Vinicius. "O brega faz parte do DNA de todo pernambucano, assim como o frevo e o maracatu. Hoje o brega é um Patrimônio Cultural do Recife reconhecido pelo poder público, então nada melhor do que fazer essa homenagem", diz a cantora.

Para "Suas Cartas", Bia acrescentou acordes de bandolim - instrumento característico do seu repertório musical -, que contou ainda com Renato Bandeira (arranjo e violão), Hélio Silva (contrabaixo) e Sammy barros (mixagem e masterização) na adaptação do clássico.

A escolha para cantar o brega não foi apenas pelo significado que o gênero tem para o Estado. Bia tem uma forte ligação afetiva com o Patrimônio Cultural. 

“Lembro que o brega marcou muito a minha adolescência. Os sucessos daquela época tocavam muito nas rádios de programação musical, que eram muito fortes. Apesar de não ser o meu universo de música, naquele formato que estava, sempre enxerguei que dava para fazer isso para o meu universo também”, relembra a cantora, que já colaborou com Alceu Valença, Luiz Caldas, Armandinho Macêdo e Maciel Melo.

Com um público firmado na música experimental, ela acredita que cantar um gênero popular a aproxima de outros públicos. "Milton Nascimento já disse que o artista tem que estar onde o povo está. Não podemos viver uma bolha de músicos. A música precisa criar identidade e o brega tem uma identificação muito forte dos pernambucanos. E porque não dos brasileiros? Todos nós podemos ser românticos ao extremo."

Produção

A música também veio acompanhada de um videoclipe. A parte audiovisual foi gravado no estúdio da Lua Produções, no Recife, com direção de Chuchu e produção geral de Amaury Pinto Junior.

RELEMBRE A VERSÃO DA BREGA.COM:

Comentários

Últimas notícias