DINHEIRO

Caixa divulga novo calendário para pagamento da 1ª parcela aos cadastros pendentes do auxílio emergencial

O banco garante que a primeira parcela será quitada até o fim de maio

Lucas Moraes
Lucas Moraes
Publicado em 15/05/2020 às 18:00
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Movimentação em frente à Caixa Econômica da Encruzilhada durante a pandemia do coronavírus. - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Para pagamento dos beneficiários que ainda não receberam a primeira parcela do auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal iniciou nesta segunda-feira (18) um novo calendário. De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, para realização de saques, os beneficiários que tiverem o cadastro aprovado deverão seguir um calendário diário conforme o mês de nascimento, o que estenderá os pagamentos até o dia 29 de maio. Hoje, o banco também divulgou uma nova previsão para pagamento da segunda parcela a esse contingente. 

>> Segunda parcela do auxílio emergencial começa a ser paga nesta segunda-feira (18); veja o calendário completo

"Vamos pagar de acordo com o mês de nascimento, para simplificar, para que as pessoas entendam de uma maneira muito mais fácil quando têm direito de receber", disse Guimarães. 

O banco recebeu da Dataprev um novo lote de beneficiários nessa quinta-feira (14) e creditou R$ 246 milhões para 405.163 mil pessoas de acordo com a forma indicada para recebimento do pagamento no sábado (16).

>> Candidatas não eleitas têm auxílio emergencial negado por 'exercerem mandatos'

Na última sexta-feira (15) foram finalizados pela Dataprev outros 14,6 milhões de cadastros. Desse total, 8,3 milhões foram elegíveis para recebimento do pagamento. Nesse caso serão creditados R$ 5,3 bilhões. As consultas, sobre aprovação ou não dos pedidos, poderão ser feitas a partir das 21h desta sexta-feira. Para esse grupo de beneficiários, não é aplicado o calendário anunciado hoje da segunda parcela de pagamento

>> Auxílio emergencial é aprovado para mais 8,3 milhões de pessoas; confira calendário do saque

Os saques, no entanto, só poderão começar a ser feitas na próxima terça-feira (19). Seguinte, diariamente, o critério de mês de nascimento de cada beneficiário. Desse modo, os pagamento serão feitos assim: 

18 de maio (segunda-feira): NIS 1

19 de maio (terça-feira): NIS 2

20 de maio (quarta-feira): NIS 3

21 de maio (quinta-feira): NIS 4

22 de maio (sexta-feira): NIS 5

25 de maio (segunda-feira): NIS 6

26 de maio (terça-feira): NIS 7

27 de maio (quarta-feira): NIS 8

28 de maio (quinta-feira): NIS 9

29 de maio (sexta-feira): NIS 0

A partir da próxima quarta-feira (20), começa o crédito nas contas sociais digitais da Caixa para as pessoas que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro e que não estão no grupo do Bolsa Família. No dia seguinte, o pagamento será para quem nasceu em março e abril, e assim por diante, saltando o domingo (24).

>> Caixa amplia pausa para pagamento de prestação habitacional

Análises ainda pendentes na Dataprev

Mesmo com o repasse de 14.6 milhões de cadastros feitos hoje pela Dataprev para a Caixa, a estatal de dados ainda tem solicitações represadas desde o mês de abril. Estão ainda em análise 5,7 milhões de solicitações. Desse total, 1.5 milhão estão sob poder da empresas desde abril. Os outros 4,2 milhões são referentes a cadastros feitos no mês de maio. Como os cadastros ainda seguem sendo feitos, essa parcial é correspondente às solicitações encaminhadas à Dataprev entre os dias 7 de abril e 14 de maio.

Ao todo, segundo a Dataprev, foram recebidos 62 milhões de requerimentos no mês de abril. Desse universo, 60,5 milhões já foram processados, tendo parte considerável sendo devolvida à Caixa apenas na madrugada desta sexta-feira. 


 


 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias