NOVO LOTE

Novo lote da primeira parcela do auxílio emergencial é pago nesta terça

Mais de 2 milhões de pessoas que se inscreveram entre 1º e 26 e maio vão receber o benefício

JC
JC
Publicado em 16/06/2020 às 9:12
Notícia
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Nesta quarta-feira (17), a Caixa paga os nascidos de julho a dezembro que estão no mesmo lote - FOTO: YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Caixa Econômica Federal paga nesta terça-feira (16) a primeira parcela do Auxílio Emergencial do Governo Federal para nascidos entre janeiro e junho e que estão no último lote de cadastros aprovados pelo governo. Mais de 2 milhões de pessoas que se inscreveram entre 1º e 26 e maio vão receber. No total, serão disponibilizados mais R$ 3,2 bilhões.

Por enquanto, o valor fica disponível apenas para pagamentos de boletos e compras online. Saques e transferências serão liberados entre 6 e 18 julho (veja o calendário completo abaixo).

Nesta quarta-feira (17), a Caixa paga os nascidos de julho a dezembro que estão no mesmo lote.

Calendário 3º lote de aprovados

Janeiro:

Depósito: 16 de junho

Saques e transferências: 6 de julho

Fevereiro

Depósito: 16 de junho

Saques e transferências: 7 de julho

Março

Depósito: 16 de junho

Saques e transferências: 8 de julho

Abril

Depósito: 16 de junho

Saques e transferências: 9 de julho

Maio

Depósito: 16 de junho

Saques e transferências: 10 de julho

Junho

Depósito: 16 de junho

Saques e transferências: 11 de julho

Julho

Depósito: 17 de junho

Saques e transferências: 13 de julho

Agosto

Depósito: 17 de junho

Saques e transferências: 14 de julho

Setembro

Depósito: 17 de junho

Saques e transferências: 15 de julho

Outubro

Depósito: 17 de junho

Saques e transferências: 16 de julho

Novembro

Depósito: 17 de junho

Saques e transferências: 17 de julho

Dezembro

Depósito: 17 de junho

Saques e transferências: 18 de julho

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias