TECNOLOGIA

Chevrolet triplica rede de concessionárias para venda de carros elétricos no Brasil

Apesar de ter apenas um modelo de carro elétrico à venda no Pais, a marca norte-americana passa de 26 para 79 o número de autorizadas preparadas para comercializar e dar assistência técnica

Edilson Vieira
Edilson Vieira
Publicado em 04/06/2021 às 18:29
Notícia
Beatriz Maia/Cortesia
O empresário Luis Peregrino utiliza regularmente as vagas exclusivas para carros elétricos dos Shoppings RioMar e Recife, que contam com carregador veicular - FOTO: Beatriz Maia/Cortesia
Leitura:

Com a expansão prevista para iniciar agora em junho, o número de concessionárias Chevrolet preparadas para comercializar e dar assistência técnica a veículos elétricos irá triplicar, saltando de 26 para 79 pontos. A General Motors, grupo a qual a Chevrolet faz parte, é um dos fabricantes que mais investem no desenvolvimento de carros elétrico no mundo, embora n Brasil, possua apenas um modelo à venda. O Bolt EV, 100% elétrico fabricado nos Estados Unidos e vendido aqui por R$ 274 mil.

"A GM tem o compromisso de liderar a eletrificação na região, e o aumento do número de concessionárias habilitadas é um elemento importante dentro desta estratégia. Com isso, a Chevrolet se consolida como a maior e mais capilarizada rede especializada em EVs do Brasil", destacou Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul.

REDE

Se a fase inaugural envolveu 14 cidades em sete Estados mais o Distrito Federal, a ampliação eleva a abrangência para mais de 50 cidades em quase 20 Estados. A maioria dos novos pontos de vendas está nas regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste do país, além do interior de São Paulo. Em Pernambuco, três concessionárias comercializam o elétrico da Chevrolet.

Na verdade, a rede Chevrolet habilita as concessionárias já existentes para a venda do Bolt EV. O modelo elétrico compartilha o mesmo showroom com os demais produtos da linha, assim como as políticas para test-drive. A concessionária especializada conta ainda com a estação doméstica para recarga rápida da bateria. Já para a oficina recebe ferramentais específicos e consultores técnicos devidamente capacitados, por exemplo.

Segundo a Chevrolet, "o segmento de veículos eletrificados duplica de tamanho a cada ano. É um mercado que tem muito potencial, principalmente pelos benefícios que a tecnologia zero emissão de poluentes entrega ao consumidor e por tudo que ela representa para o futuro da mobilidade", diz o comunicado do fabricante. Esta semana, o CEO da Stellantis (grupo que agrega marcas como Fiat, Jeep, Peugeot e Citroen), Antonio Filosa, afirmou que o carro elétrico ainda vai demorar a se firmar no mercado, embora a própria Stellantis esteja preparando a chegada de três modelos eletrificados ao Brasil nos próximos meses.

O Chevrolet Bolt EV chegou  às lojas em março do ano passado e, até agora, mais de 130 unidades foram emplacadas do modelo, que é equipado com motor de 203 cavalos de potência e baterias de 66 kWh, que permitem ao veículo acelerar de 0 a 100 km em aproximadamente 7 segundos e percorrer 416 quilômetros com uma recarga completa no ciclo EPA. No mundo todo o Bolt vendeu cerca de 100 mil unidades.


Comentários

Últimas notícias