MERCADO IMOBILIÁRIO

Aluguel: do Pina ao Cordeiro, veja os bairros com maiores preços no Recife

Capital pernambucana já é a cidade com maior variação no preço do aluguel residencial do País nos últimos 12 meses

Lucas Moraes
Lucas Moraes
Publicado em 19/10/2021 às 6:02
Notícia
Foto: Ricardo B. Labastier/ Acervo JC Imagem
Índice indica crescimento de 4,98% ao longo de 2017 - FOTO: Foto: Ricardo B. Labastier/ Acervo JC Imagem
Leitura:

Nos últimos 12 meses, o Recife já figura como a capital com a maior variação no preço do aluguel residencial no Brasil, de acordo com dados do FipeZap. No País, o índice encerrou setembro com alta de 0,52% na média do País, acumulando uma elevação de 1,80% no ano. Em 12 meses, a variação acumulada é de 2,14%. Na capital pernambucana, entretanto, a alta é bem mais expressiva. O último mês fechou com uma variação de +1,51%, atingindo +8,31% no acumulado do ano e 11,03% em 12 meses. 

Em 2021, o avanço do índice FipeZap foi impulsionado pela variação do preço do aluguel em: Curitiba (+9,62%), Recife (+8,31%), Florianópolis (+6,42%), Fortaleza (+5,19%), Belo Horizonte (+4,74%),
Salvador (+4,34%), Goiânia (+3,91%), Brasília (+2,84%) e Rio de Janeiro (+2,18%). Em São Paulo (-2,15%) e Porto Alegre (-1,27%), os preços acumulam queda em 2021.

Recife é a capital do Brasil com maior alta no preço do aluguel nos últimos 12 meses

Em 12 meses, o Recife puxa a alta, com seus 11,03%, além de Curitiba (+10,02%), Goiânia (+8,36%), Florianópolis (+7,00%), Fortaleza (+6,91%), Salvador (+5,56%), Belo Horizonte (+3,27%), Rio de Janeiro (+3,24%) e Brasília (+1,67%).

Levando-se em conta apenas o mês de setembro, Goiânia (+1,58%) lidera a lista, seguida pelo Recife (+1,51%), Fortaleza (+1,25%), Florianópolis (+1,21%), Curitiba (+1,13%), Belo Horizonte (+1,05%), Porto Alegre (+0,44%), Rio de Janeiro (+0,39%), Salvador (+0,28%) e São Paulo (+0,20%). Em contraste, Brasília foi a única capital monitorada que apresentou queda no preço de locação residencial (-0,36%).

Em relação ao preço do metro quadrado, o Recife se mantém como a segunda capital mais cara. São Paulo apresentou o preço médio de locação mais elevado (R$ 39,26/m²), seguida pelos valores registrados no Recife (R$ 34,29/m²), Brasília (R$ 33,25/m²) e Rio de Janeiro (R$ 31,56/m²). Já entre as capitais monitoradas com menor valor de locação no último mês, incluem-se: Fortaleza (R$ 18,27/m²), Goiânia (R$ 19,55/m²), Curitiba (R$ 22,76/m²) e Porto Alegre(R$ 24,55/m²).

CONFIRA OS PREÇOS E VARIAÇÕES POR BAIRROS

  • Pina - R$ 49,2 /m² +17,0% (variação em 12 meses)
  • Parnamirim - R$ 41,5 /m² +27,4%
  • Boa Viagem - R$ 39,1 /m² +12,4%
  • Tamarineira - R$ 34,3 /m² +5,1%
  • Casa Amarela - R$ 32,3 /m² +5,5%
  • Espinheiro - R$ 31,2 /m² +36,5%
  • Graças - R$ 30,9 /m² +13,2%
  • Imbiribeira - R$ 29,7 /m² -10,4%
  • Madalena - R$ 26,8 /m² -6,5%
  • Cordeiro - R$ 16,7 /m² +9,5%

Comentários

Últimas notícias