BIOGRAFIA

Clovis Tramontina lança biografia no Recife: "quis deixar um legado para as pessoas"

O gaúcho, de 66 anos, promoveu uma noite de autógrafos, nesta quarta-feira (18), em livraria no RioMar

Filipe Farias
Cadastrado por
Filipe Farias
Publicado em 18/05/2022 às 21:35 | Atualizado em 18/05/2022 às 22:03
GUGA MATOS / JC IMAGEM
Lançamento do livro do empresário Clovis Tramontina - FOTO: GUGA MATOS / JC IMAGEM
Leitura:

Um dia após inaugurar a fábrica de porcelana da Tramontina no município de Moreno, na Região Metropolitana do Recife, o empresário Clovis Tramontina, presidente e conselheiro da empresa que leva o nome da família, aproveitou a sua estadia no Recife para promover, nesta quarta-feira (18), uma noite de autógrafos no lançamento de sua biografia, em evento que aconteceu Livraria Leitura, no Shopping RioMar.

O empresário, de 66 anos, contou que a ideia de escrever a sua história de vida surgiu de uma "provocação" de sua filha. "Ao voltar de uma viagem à Itália, ela me deu de presente um livro chamado "My White Book" (tradução: Meu Livro Branco). Era um livro completamente em branco e ela disse para eu escrever minha história. E, durante a pandemia, eu resolvi escrever a minha autobiografia - a produção do livro durou dois anos - com o objetivo de deixar um legado para as pessoas e contar histórias", explicou Clovis Tramontina. "Eu mesmo tenho problema de saúde, tenho esclerose múltipla e estou mostrando para as pessoas que têm isso que não podem se vitimizar. Vamos nos tratar e viver da melhor maneira possível", complementou.

GUGA MATOS / JC IMAGEM
Lançamento do livro do empresário Clóvis Tramontina. - GUGA MATOS / JC IMAGEM

Sobre a escolha do nome do livro, “Clovis Tramontina: Paixão, Força e Coragem", que custa R$ 58,00 e está à venda nas principais livrarias da cidade, o empresário gaúcho explicou que as palavras mencionadas no título, na verdade, são sentimentos que sempre os guiaram na condução e no seu sucesso empresarial à frente do negócio da família e que conquistou o Brasil. "Tu tens de ser apaixonado por tudo aquilo que tu fazes, pois tu vais fazer a diferença. Coragem porque o empresário se não tiver para tomar decisões, arriscar... Pois os empreendedores têm de correr um certo risco para empreender. E força porque quando eu tive esclerose múltipla, uma das coisas que perguntei ao meu médico foi: 'eu vou morrer disso ou vou morrer com isso?'. E ele me respondeu que vou morrer com isso. Então, vamos tratar, ter força e coragem para viver", enfatizou Clovis Tramontina.

Afastamento da empresa

Após 30 anos comandando diretamente a Tramontina, Clovis entendeu no início da pandemia que tinha chegado o momento de passar o seu legado para os seus sucessores. "Estava na minha casa de praia em Xangri-lá, no Rio Grande do Sul, no início da pandemia, eu disse para a minha esposa que estava na hora de parar. Não era com relação a quantos anos eu tinha, mas quantos anos faltam. Mas não é só isso. As tecnologias, novas ferramentas, eu não tenho mais condições de acompanhar. E o líder tem de estar preparado. Então porque não colocar gente jovem. E eu estudei junto com o pessoal para fazermos o processo sucessório da empresa. Isso foi fantástico; pois, agora, a cada quatro anos vai trocar o presidente... Uma vez da família Tramontina, uma vez da família Scomazzon, que são as duas famílias que têm o controle acionário", explicou.

GUGA MATOS / JC IMAGEM
Lançamento do livro do empresário Clóvis Tramontina. - GUGA MATOS / JC IMAGEM

O afastamento da empresa, porém, não significa que o empresário vai se aposentar. Pelo contrário, ele já mira novos desafios. "Não vou ficar parado. Eu estou estudando para montar um curso para formar lideranças. Mas não é aqueles cursos de matemática, português e, sim, de ensinar as pessoas a serem verdadeiros líderes de valores, e de pensar no todo e não no individual", revelou Clovis Tramontina.

Sucesso na marca

Para muitos brasileiros, a marca Tramontina já virou sinônimo de qualidade. Mesmo com o passar do tempo e os 111 anos de fundação, a confiança nos produtos da empresa é algo que segue intacta. "A Tramontina sempre entregou aquilo que prometeu. Não a menos e nem a mais. O preço da Tramontina é sempre um pouco a mais elevados do que a de outras marcas, mas sempre te entrega um produto melhor", garantiu o empresário que fez questão de afirmar que, hoje, a marca Tramontina é maior que a própria empresa.

"Com a chegada do e-commerce, que são as vendas virtuais, a marca Tramontina explodiu no mercado. Com a globalização, quando você compra um produto e vende para uma rede, tipo o Walmart, o seu produto vai para todo o mundo. E isso fez com que a marca Tramontina fizesse isso e se tornasse maior que a própria empresa", falou Clovis Tramontina.

Jovens empreendedores

No auge de sua experiência, o empresário deixou alguns atalhos para os novos empreendedores que estão tentando se estabelecer no mercado. "O jovem tem de pensar em velocidade e não pressa. O que é velocidade? É ele buscar ser como um piloto de Fórmula 1, mas que primeiro começou no Kart, depois na Fórmula 3, passou pela Fórmula 2, virou piloto de teste da Fórmula 1... Até ser efetivado como piloto principal de uma equipe da Fórmula 1. O grande problema do jovem de hoje é que ele quer pressa... Montar uma empresa hoje e ganhar amanhã. Não é assim. Ele também precisa estudar, saber quais são os riscos que ele está disposto a correr", aconselhou Clovis Tramontina. "E uma outra dica que eu dou é: no começo, as empresas têm aquelas doenças infantis. É só tratar que será tudo resolvido".

Comentários

Últimas notícias