NOVA DATA

Federação de Natação busca data para Mundial de Fukuoka não bater com Jogos de Tóquio

A Fina vai consultar atletas, técnicos, federações nacionais, detentores dos direitos de transmissão e patrocinadores para determinar a solução mais apropriada

AFP
AFP
Publicado em 30/03/2020 às 15:26
Notícia
AFP
Etiene Medeiros continua treinando fora da piscina, fazendo reforço muscular. Ela também participou de campanha em defesa do isolamento social - FOTO: AFP
Leitura:

A Federação Internacional de Natação (Fina) irá consultar seus parceiros para "estudar uma revisão das datas" do próximo Mundial, previsto para o verão (boreal) de 2021, mesmo período dos Jogos de Tóquio, adiados e que serão disputados de 23 de julho a 8 de agosto do ano que vem.

O Mundial de natação de 2021 estava programado para acontecer entre 16 de julho e 1º de agosto, também no Japão, mas em Fukuoka, no sul do arquipélago japonês.

"A Fina comemora as novas datas dos Jogos de Tóquio e a clareza que trazem", declarou a entidade em comunicado, no qual seu presidente, Julio Maglione, elogiou a "rapidez" e o "profissionalismo" de Tóquio-2020 e do COI para tomar a decisão.

"Já saber estas datas é de uma grande ajuda para as federações e os atletas", continuou. "A Fina agora se concentrará na organização do Mundial para estudar uma revisão das datas previstas. Consultará todas as partes envolvidas; atletas, técnicos, federações nacionais, detentores dos direitos de transmissão e patrocinadores para determinar a solução mais apropriada", completou.

Desde o anúncio do adiamento dos Jogos de Tóquio, na semana passada, a Fina se mostrou disposta a mudar as datas de seu Mundial para abrir uma brecha no calendário de 2021 para o evento olímpico.

ETIENE FAZ CAMPANHA POR ISOLAMENTO

A pernambucana Etiene Medeiros produziu e divulgou nesta segunda-feira um vídeo para reforçar a campanha de combate ao coronavírus no Planeta. De acordo com as autoridades internacionais, a melhor estratégia para reduzir o número de casos da covid-19 é o isolamento domiciliar. Etiene, ao lado do companheiro de seleção brasileira João Gomes Júnior, reforça o recado. "O exercício agora é outro: ficar em casa", destacou a nadadora pernambucana.

Etiene defende a equipe de natação do Sesi-SP e está em quarentena em São Bernardo do Campo, em São Paulo. Os treinos na piscina estão suspenso e ela realiza as atividades de fortalecimento muscular, além do trabalho para preservar o condicionamento físico.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias