Futebol

Retorno aos treinos é responsabilidade dos clubes, diz Witzel

A declaração de Witzel vai de encontro à decisão da prefeitura do Rio de proibir o retorno dos treinos por enquanto

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 22/05/2020 às 8:33
Notícia
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Para o governador do Rio de Janeiro, problema pode ter ligação com leilão da Cedae - FOTO: Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Leitura:



O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou nesta quinta-feira que não é contra a retomada dos treinos por parte dos clubes cariocas. E que o retorno das atividades dos times é responsabilidade dos próprios dirigentes dos clubes.

"Quero esclarecer que não sou contra os treinos acontecerem. O que eu disse que sou contra é que aconteçam sem preocupação por parte dos dirigentes para preservar o atleta, que fica exposto. A responsabilidade é dos dirigentes e não do estado, ao assumir essa responsabilidade", declarou o governador, em entrevista à CNN.

Sentido oposto

A declaração de Witzel vai de encontro à decisão da prefeitura do Rio de proibir o retorno dos treinos por enquanto. Apesar disso, o Flamengo voltou a ter atividades no CT Ninho do Urubu na terça-feira.

Para Witzel, mesmo atribuindo a decisão aos dirigentes, disse que os clubes precisam se preocupar com a saúde dos jogadores. "Os atletas têm que estar de certa forma protegidos porque é a carreira deles. É uma decisão exclusivamente por parte das entidades associativas. Nunca fui contra a retomada. Só não vai poder ter plateia e torcida. Nós ainda não podemos ter esse tipo de aglomeração. O que precisa é ter esses cuidados", afirmou o governador.

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias