itália

Jogadores dividem opinião sobre retorno do futebol na Itália

Futebol italiano deve retomar as competições em junho, mas decisão divide opiniões

AFP
AFP
Publicado em 26/05/2020 às 10:21
Notícia
MARCO BERTORELLO / AFP
Futebol será definido na próxima quinta-feira - FOTO: MARCO BERTORELLO / AFP
Leitura:

O futebol italiano deve anunciar ainda esta semana a retomada das competições para junho. Os jogadore já se apresentaram aos clubes e treinam para a reestreia do Campeonato Italiano, que desde o dia 9 de março está paralisado por conta da pandemia do novo coronavírus. 

O zagueiro e capitão do Brescia, Daniele Gastaldello disse a comunidade esportivo passa por um momento importante com a possível volta dos jogos. "Um momento importante", pontuou o atleta, na Rádio Rai.

Sua equipe, lanterna do campeonato, não tem nada a comemorar em uma péssima temporada, mas Brescia, na Lombardia, é uma das cidades onde o coronavírus causou mais mortes na Itália e Massimo Cellino, presidente do clube, se opõe há muito tempo à retomada do futebol.

"Pura loucura"

Antes de votar a favor da retomada, assim como todos os outros presidentes, Cellino falou de "pura loucura" e disse que estava preparado para dispensar sua equipe se a temporada terminasse.

Urbano Cairo, presidente do Torino (15º), não foi tão longe, mas sua vontade era de cancelar a Serie A. "Eu cedi diante da votação majoritária, mas estou perplexo com os jogadores, que correm o risco de se machucar, com o pouco tempo que haverá entre o final desta temporada e o início da próxima", disse ele na semana passada.

Zlatan Ibrahimovic, do Milan, se lesionou nesta segunda-feira, o que multiplicou o medo de uma praga de contusões depois de dois meses fora dos gramados. Este é um dos argumentos mais repetidos pelos céticos. "Acho que é um caos. Se tivesse que falar apenas como técnico, preferiria que se parasse e se voltasse calmamente na próxima temporada. Haverá uma série interminável de jogos e não sei em que estado os jogadores estarão", disse o técnico da seleção italiana, Roberto Mancini.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias