na alemanha

Único sem pontuar na retomada, Schalke 04 encara crise que ameaça seu status

Schalke 04 é um dos clubes mais valiosos da Alemanha, mas ainda não conseguiu vencer na retomada do futebol no país

Agência Estado
Agência Estado
Publicado em 29/05/2020 às 7:54
Notícia
REPRODUÇÃO/TWITTER
Schalke 04 tentará se recuperar da crise na quarta rodada do Alemão - FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER
Leitura:

Um dos três clubes da Alemanha mais valiosos da Europa, o Schalke 04 é o único time que ainda não pontuou no Campeonato Nacional após a retomada do futebol e a disputa de três rodadas. Além disso, são nove gols sofridos e apenas um marcado em três destaques.

A busca pela reabilitação do Schalke é um dos destaques da 29ª rodada do Alemão, que será aberta nesta sexta-feira com o duelo Freiburg x Bayer Leverkusen, a partir das 15h30 (de Brasília). Já o time de Gelsenkirchen receberá o Werder Bremen no sábado, às 10h30.

O adversário do Schalke, outro clube tradicional alemão, também passa por momento complicado. Afinal, o Bremen é o 17º colocado do Alemão, a cinco pontos do antepenúltimo Fortuna Dusseldorf, que disputará uma repescagem para se livrar da degola, e a seis do 15º Mainz.

A situação do Schalke surpreende, porém, pela sua grandeza, estampada no estudo da KPMG, que estima o clube como o terceiro mais valioso da Alemanha, atrás apenas de Bayern de Munique e Borussia Dortmund, e com valor estimado de 814 milhões de euros (R$ 4,876 bilhões).

A retomada do Alemão, em 16 de maio, manteve uma rotina de resultados ruins para o Schalke. O time perdeu para o rival Borussia Dortmund por 4x0 na volta da competição. Depois, em casa, levou 3x0 do Augsburg, em casa. Na última quarta-feira, contra o Fortuna Dusseldorf, que briga contra o rebaixamento, caiu por 2x1. Também chamou negativamente a atenção a posse de bola de apenas 33% da equipe.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias