TÓQUIO 2020

Veja o vídeo que viralizou e tornou Rayssa Leal, prata nas Olimpíadas de Tóquio, a 'fadinha' do skate

A publicação teve um alcance tão grande que até a lenda do skate Tony Hawk compartilhou em seu Twitter

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 26/07/2021 às 16:20
Notícia
Reprodução/Instagram
Rayssa Leal foi apelidade de "fada" pela lenda do skate Tony Hawk - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Atleta mais jovem a subir em um pódio de Olimpíada ao faturar a medalha de prata na madrugada desta segunda-feira (26), a skatista Rayssa Leal, de 13 anos, ganhou o apelido de "Fadinha" quando ainda tinha sete anos de idade. Um vídeo de Rayssa fazendo manobras enquanto estava vestida de fada viralizou nas redes sociais e teve um alcance tão grande que até a lenda do skate Tony Hawk compartilhou em seu Twitter. "Um heelflip de conto de fadas no Brasil", disse o skatista ao tuitar o vídeo de Rayssa.


Skatista desde os seis anos de idade, a maranhense da cidade de Imperatriz, Rayssa Leal, aprendeu a fazer manobras sozinha, vendo vídeos pela internet, e passou a competir um ano depois que começou a praticar o esporte.

"Eu estava me divertindo", diz Rayssa Leal sobre a disputa do skate que lhe rendeu a medalha de prata em Tóquio.

Modalidade olímpica pela primeira vez, o skate teve a honra de ter Rayssa como uma das representantes brasileiras participando da modalidade. Medalhista de prata, a Fadinha representou bem as colegas Pamela Rosa e Letícia Bufoni como única do Brasil na final, sendo superada apenas pela japonesa Momiji Nishiya, que também tem 13 anos de idade.

Comentários

Últimas notícias