FUTEBOL

Brasil vence o Egito por 1x0 e avança para as semifinais nas Olimpíadas de Tóquio

Gol de Matheus Cunha garantiu a vaga para a seleção brasileira.

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 31/07/2021 às 8:59
Notícia
CHARLY TRIBALLEAU / AFP
Brasil enfrentou o Egito pelas quartas de final da Olimpíada de Tóquio 2020 e venceu - FOTO: CHARLY TRIBALLEAU / AFP
Leitura:

O Brasil venceu o Egito e garantiu vaga na semifinal do futebol masculino nas Olimpíadas de Tóquio, nesta sábado (31). O placar terminou em 1x0. O gol foi marcado por Matheus Cunha aos 36 minutos do primeiro tempo. Com a vitória, a Seleção Brasileira continua viva na luta pelo bicampeonato no futebol masculino.

É a quarta vez consecutiva que a seleção brasileira entra na disputa por medalha na competição. Bronze em Pequim-2008, prata em Londres-2012 e ouro na Rio-2016, a equipe luta pelo bicampeonato olímpico.

O time comandado pelo técnico André Jardine deve enfrentar o México, que até a última atualização desta reportagem vencia a Coreia do Sul por 3 a 1. A semifinal acontece na terça-feira (2), às 5h (horário de Brasília).

O jogo

A Seleção Brasileira fez um jogo de intensidade do início ao fim, não dando muito espaço para que o Egito se animasse durante a partida. Logo no início, Richarlison puxou as melhores jogadas pelo lado esquerdo, mas não conseguiu balançar as redes egípcias. 

Até que aos 36 minutos, o atacante brasileiro do Everton conseguiu se livrar da marcação e dar um passe rasteiro, achando Matheus Cunha. Na entrada da área, o atleta do Hertha Berlim bateu colocado, abrindo o placar, ao tirar o arqueiro do Egito da bola.

No segundo tempo, o Brasil ainda teve novas oportunidades e tentou ampliar. Paulinho, Malcom e Reinier entraram, mas desperdiçaram chances. Confortável na partida, a Canarinha relaxou, sofreu pressão no fim, mas conseguiu segurar o 1 a 0.

Ficha do jogo

Brasil 1

Santos; Daniel Alves, Diego Carlos, Nino e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho (Reinier); Antony (Malcom), Matheus Cunha (Paulinho) e Richarlison (Gabriel Menino). Técnico: André Jardine.

Egito 0

Shenawy; Karim El-Raki (Ashour), Osama Galal, Hegazy, El-Wench e Ahmed Fotouh; Tawfik, Taher Mohamed (Maher), Hamdy (Mansy) e Sobhi; Ahmed Rayan (Mohsen). Técnico: Gharib Shawky.

Competição: Jogos Olímpicos de Tóquio, quartas de final
Local: Estádio Saitama, no Japão
Horário: às 7h (de Brasília)
Árbitro: Chris Beath (Austrália)
Assistentes: Anton Shchetinin e George Lakrindis (ambos da Austrália)
VAR: Marco Guida (Itália)
Cartões amarelos: Antony (Brasil), Tawfik (Egito)
Gol: Matheus Cunha, aos 36/1ºT

Quadro de medalhas

Comentários

Últimas notícias