ALVIRRUBRO

Dirigente do Náutico vê retorno do Bayern aos treinos como possível processo de retomada dos clubes aos trabalhos

Gestor destacou, porém, que, no Náutico, decisão passará por muito debate com o departamento médico

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 06/04/2020 às 14:18
Notícia
CAIO FALCÃO/CNC
Reapresentação do Náutico está marcada para o próximo dia 15 - FOTO: CAIO FALCÃO/CNC
Leitura:

A exemplo do já vinham fazendo outros clubes alemães, como Borussia Dortmund e Wolfsburg, nesta segunda-feira (6), o Bayern de Munique também voltou aos treinos, com pequenos grupos de jogadores. A iniciativa foi vista com ressalva pelo vice-presidente do Náutico, Diógenes Braga, que destacou a importância do aval do departamento médico alvirrubro para que o Timbu opte pelo mesmo tipo de trabalho. Ainda assim, o dirigente elogiou a iniciativa, destacando que se trata de uma busca dos clubes por soluções para a inatividade imposta pelo surto do coronavírus.

>>Diógenes Braga detalha perfil de jogador que Náutico quer contratar

>>Goleiro Jefferson destaca união do grupo para superar momento sem competições

>>Náutico acerta contraração de meia Dadá Belmonte

"Eu acho que tem que ser muito debatido com o departamento médico de cada clube. O CT da gente é isolado, é um ponto positivo. Mas você tem a questão do deslocamento. Não se pode fazer nada sem ser bem debatido. Eu acho que isso é um assunto médico. Quando a gente voltar a treinar, independente da situação estar calma ou não, isso vai passar muito pelo debate com o departamento médico que é comandado pelo Dr. Múcio Vaz e a gente vai ter muito cuidado com relação a isso", afirmou.

"Eu vejo essa questão do Bayern de Munique como algo que pode iniciar um processo de volta, porque nenhum clube consegue ficar parado. Não é só a perda financeira, é a perda de praparo físico do jogador, que compromete muito. Os clubes vão buscar alternativas para resolver, porque precisa encontar", completou.

CRONOGRAMA

O Náutico suspendeu as atividades do time profissional no dia 17 de março. Desde então, os jogadores passaram a fazer treinos em casa, acompanhando cartilha prescrita pela comissão técnica. No último dia 1º, tiveram as férias antecipadas e cortes de 25% nos salários anunciados. O retorno às atividades no CT ou nos Aflitos está agendado para o próximo dia 15. Ainda não está estabelecido, porém, como serão formatados os treinos com o elenco alvirrubro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias