INÍCIO DE TEMPORADA

Hereda traça metas pessoais para 2021 no Náutico: "Quero ser o melhor lateral"

O lateral-direito revelado pela base alvirrubra silenciou sobre negociações e revelou metas particulares para a temporada

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 17/02/2021 às 18:01
Notícia

Caio Falcão/CNC
Hereda foi integrado ao elenco profissional do Náutico em 2019. - FOTO: Caio Falcão/CNC
Leitura:

O lateral-direito Hereda inicia sua terceira temporada no elenco principal do Náutico. Revelado pelas categorias de base do clube e integrado ao elenco em 2019, ele viveu altos e baixos, mas agora é, inclusive, uma peça que pode gerar receita para o Timbu. Enquanto as negociações não se tornam oficiais, o jogador foca nos desafios programados para 2021 nos Aflitos, no Campeonato Pernambucano e na Série B. 

>> 'Estou me sentindo bem, sem nenhuma dor no joelho', diz Matheus Carvalho, atacante do Náutico

>> 'Náutico é um grande clube e não merece passar por situações difíceis como passamos', afirma Vinícius

>> Na expectativa de ser negociado, Rhaldney garante foco no Náutico

Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (17), Hereda não respondeu sobre negociações. Avaliou seu desempenho na temporada passada, afirmando que teve um bom início de ano, mas depois viveu uma queda de rendimento. Lembrou que Hélio dos Anjos chegou trazendo confiança e o ajudou a dar a volta por cima. "Esse ano espero ser melhor do que o ano passado e vou trabalhar firme para isso acontecer", disse. 

Focado no trabalho, o jogador de 22 anos revelou como planeja suas metas particulares. "Todo início de temporada eu sento, anoto tudo em um papel e vejo o que é eu quero para o ano. Traço os meus objetivos, meus sonhos também", contou. E as metas traçadas por Hereda para 2021 vão desde o seu desempenho individual até as conquistas coletivas com o Náutico. 

"Eu quero me destacar neste campeonato (Pernambucano), em todos que participar quero ser o melhor lateral. Marcar bem, atacar bem, fazer gols e dar muitas assistências. Esse é o meu maior foco e eu vou trabalhar firme para poder fazer isso", listou. Quanto ao Estadual, o lateral classificou quase como uma obrigação do Náutico conquistar o título, já que tem um calendário mais enxuto e consequentemente uma responsabilidade maior na busca por esta taça. "Não só nessa competição, como em qualquer uma. O Náutico é um time grande e em qualquer competição ele tem que entrar para chegar na final e ser campeão. É claro que tem outras equipes, mas o objetivo do Náutico é esse: ser campeão", finalizou. 

Comentários

Últimas notícias