RUMOR

Hélio dos Anjos fala sobre sondagens de outros clubes pelo meia Jean Carlos

Meia é um dos principais destaques do Timbu nas últimas duas temporadas

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 25/02/2021 às 19:12
Notícia

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Jean Carlos é um dos principais destaques do Náutico - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Destaque do Náutico nas últimas duas temporadas, o meia Jean Carlos tem sido alvo de sondagens de outros clubes neste início de temporada. A informação mais recente é que o Vasco, que está próximo de confirmar seu rebaixamento para Série B, teria consultado a situação do atleta. Além do Cruzmaltino, Ceará e Sport também teriam buscado informações sobre o camisa 10 alvirrubro. O técnico Hélio dos Anjos afirmou, em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, que prefere não se envolver muito nesses tipos de negociações.

"O Jean Carlos é um jogador referência técnica dentro do elenco, importantíssimo. Teve participações no Brasileiro muito positivas. Foi um jogador muito importante na nossa recuperação. Não entro muito na questão (negociação). Se tem a proposta e é o melhor para o clube e para o atleta, a minha função é repor", explicou.

 

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA:

Na entrevista, Hélio dos Anjos disse que conta com Jean Carlos, assim como também com a joia da base alvirrubra Juninho Carpina. Entretanto, no caso de uma possível negociação, voltou a ressaltar que sua função como técnico é buscar junto à diretoria uma reposição para o atleta no mercado. "Hoje, naturalmente, temos o Jean Carlos e o Carpina, que eu quero sim dá rodagem para ele. Conto com os dois. Agora se o clube chegar para mim em qualquer circunstância de que está sendo bom para o clube a saída de qualquer um desses jogadores tidos como titulares, eu não posso frear. Tenho que repor e trabalhar em função, principalmente, de melhorar o desempenho de outros que poderão vir caso alguns desses saiam", salientou.

Contratado em 2019 durante a disputa da Série C, Jean Carlos foi peça fundamental no acesso do clube ao bater o pênalti decisivo no último minuto contra o Paysandu, comandado então por Hélio dos Anjos, que empatou e levou a partida para as cobranças de pênaltis, onde ele foi o primeira atleta alvirrubro a converter. Depois, também foi importante nas semifinais contra o Juventude e na conquista do título sobre o Sampaio Corrêa. Já em 2020, o atleta foi o principal nome da temporada do Náutico quando atuou em 49 jogos e marcou 13 gols, sendo, inclusive, o artilheiro do time no ano.

Comentários

Últimas notícias