SEM INTIMIDAÇÃO

"Temos a obrigação de arrancar ponto do Palmeiras", diz Fred Domingos, diretor de futebol do Sport

Próximo adversário do Leão na Série A está na final da Copa do Brasil, nas semis da Libertadores e ocupa a 6ª posição na classificação do Brasileiro

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 08/01/2021 às 13:17
Notícia

ANDERSON STEVENS/SPORT
Fred Domingos conversou com Ralph de Carvalho, na manhã desta sexta-feira (8), na Rádio Jornal - FOTO: ANDERSON STEVENS/SPORT
Leitura:

O Sport volta a jogar neste sábado (9) pela 29ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, às 19h, na Ilha do Retiro, onde receberá o Palmeiras. O adversário ocupa a 6ª posição com 44 pontos, está na final da Copa do Brasil e com um pé na final da Libertadores, depois de vencer o River Plate por 3 a 0 no primeiro jogo da semifinal. O Leão vem de vitória por 1 a 0, com gol de Thiago Neves, no confronto direto com o Fortaleza, na 28ª rodada

>> Thiago Neves e o poder de decisão nas últimas vitórias do Sport na Série A

>> "Era uma final", exalta Patric após vitória do Sport em cima do Fortaleza

>> Depois de garantir mais uma vitória para o Sport, Thiago Neves afirma que está "à vontade" na Ilha do Retiro

A apresentação do alviverde pode até intimidar, mas a diretoria do Sport garante que o clube encara a partida como uma final. "Cada jogo para a gente é como uma final de campeonato, como se fosse aquela fase que 'é o último jogo, tenho que ganhar para não cair'. É nisso que estamos focado e o que nos dá tranquilidade é sabermos que o nosso elenco comprou a ideia, está unido e focado. Nós vamos ter esse jogo dificílimo com o Palmeiras e nós temos a obrigação de, pelo menos, arrancar ponto do Palmeiras", disse o diretor de futebol do Leão, Fred Domingos, em entrevista a Ralph de Carvalho, na manhã desta sexta-feira (8), na Rádio Jornal.

>> Veja o gol de Thiago Neves na vitória do Sport sobre o Fortaleza

Para o dirigente, "arrancar pontos" do Palmeiras agora significa ter um pouco mais de tranquilidade lá na frente. "Vai agregar pontos à nossa somatória para que a gente possa, evidentemente, chegar na penúltima ou última rodada sem precisar de resultado para nos mantermos na primeira divisão, que foi esse, desde o início desse campeonato, o foco dessa atual direção do clube", reconheceu. 

Assim como destacou o meia Thiago Neves, em entrevista da última quinta-feira (7), Fred também frisou que o Palmeiras tem um elenco forte, mas se apegou à imprevisibilidade inerente ao futebol para acreditar em um resultado favorável para o Sport. "O Palmeiras tem um elenco de 40 atletas. Você olha os 11 titulares que entram no início de uma partida e olha para o banco do Palmeiras. Eu indago: esse banco do Palmeiras seria titular em qualquer clube do futebol brasileiro? Eu acho que sim", considerou.

>> Embalado após bater o River, Palmeiras treina com sub-20 antes de pegar o Sport

"Vamos admitir que todos os 11 titulares atuais do Palmeiras não venham para esse jogo, mas venham o 11 que estão no banco. É jogo fácil? Claro que não é um jogo fácil. Nós estamos focados em enfrentar a Sociedade Esportiva Palmeiras, independente de quem venha. É a nossa preocupação. A gente vai focar em busca de uma vitória contra o Palmeiras", completou o dirigente. 

Atuação da equipe 

Para Fred Domingos, assim como para muitos torcedores rubro-negros, apesar da importante vitória sobre o Fortaleza por 1 a 0, na última quarta-feira (6), a atuação do time deixou a desejar. Entretanto, contra o Goiás, na 27ª rodada, o futebol do Leão pode ter agradado, mas não foi suficiente para vencer o jogo. Enquanto não se encontra esse equilíbrio, o melhor é reconhecer as limitações e focar no que importa: os três pontos. 

>> Jair explica recuo do Sport após gol e destaca: "Conseguimos nosso objetivo"

"A gente conhece as limitações do nosso elenco. Quando falo das limitações, falo das limitações técnicas em função da nossa grande limitação financeira. Foi aquilo que a gente pôde montar dentro da nossa responsabilidade financeira e fiscal", admitiu Fred. "Nesse jogo contra o Fortaleza, na minha humilde opinião, eu acho que o Sport não fez uma boa partida. Só pode ser considerada como boa por conta do resultado que foi a vitória, mas, tecnicamente falando, houve uns jogos que o Sport fez, inclusive não conseguiu a vitória, como foi o caso contra o Goiás, que nós jogamos muito melhor que contra o Fortaleza e perdemos o jogo. É preocupante? É. Até porque o Fortaleza, se tivesse um pouco mais de qualidade, talvez a gente tivesse amargado até uma derrota dentro de casa.", pontuou. 

Fred também revelou que, após a partida contra a equipe cearense, a diretoria conversou com a comissão técnica sobre a atuação da equipe.  

Comentários

Últimas notícias