SÉRIE A

De volta após suspensão, Thiago Neves planeja vitória do Sport contra o Corinthians: "Não tem bicho papão"

Meia está de volta ao time titular após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo na derrota para o Fluminense

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 20/01/2021 às 16:35
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Atual direção de futebol do Sport quer renovar com Thiago Neves - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Depois de cumprir suspensão na derrota por 1 a 0 para o Fluminense, o meia Thiago Neves está de volta ao time titular do Sport para o confronto contra o Corinthians, nesta quinta-feira (21), às 21h, na Neo Química Arena. Principal contratação do Leão para a temporada, o camisa 30 tem se mostrado decisivo, inclusive como um dos artilheiros da equipe na Série A do Campeonato Brasileiro, ao lado do zagueiro Iago Maidana, ambos com quatro gols. Inclusive, ele é o responsável pelo gol da vitória nos últimos três triunfos da equipe rubro-negra, diante do Fortaleza, Coritiba e Athletico Paranaense. Agora, o meia planeja mais uma vitória do clube pernambucano na competição, dessa vez em Itaquera, onde o Sport ainda não venceu desde a inauguração do estádio em 2014.

“Espero que possamos fazer um bom jogo, manter nosso ritmo dos últimos jogos. Tivemos uma derrota na partida passada, mas se não fosse a expulsão, teríamos um resultado melhor. Não tem nenhum bicho papão. Nós temos condições sim de chegar no campo do Corinthians e conseguir uma vitória”, disse o meia em entrevista coletiva nesta quarta-feira (20).

 

Em franca ascensão desde a chegada do técnico Vágner Mancini, o Corinthians surpreendeu a todos ao ser goleado por 4 a 0 na última segunda-feira no dérbi contra o Palmeiras. No entanto, apesar do resultado, Thiago Neves lembrou da força do Timão jogando na Neo Química Arena, mas também enfatizou que o Sport não vai encontrar “nenhum bicho papão”.

“O Mancini chegou, acertou o time, tanto que subiu bem na tabela. Claro que um 4 a 0 num clássico é muita coisa, mas o Corinthians vai jogar dentro de casa, precisando da vitória. A gente sabe da força deles em Itaquera. Mas nosso time também tem qualidade, vem jogando bem fora de casa. É o Corinthians, mas não é nenhum bicho papão. Não tem porque o Sport chegar no jogo e ficar com medo. Temos que jogar para cima, porque da mesma forma que eles precisam da vitória, a gente também precisa”.

De volta em um jogo importante do Sport, o meia explicou que o período fora dos gramados devido a suspensão foi importante para garantir uma melhora na condição física, que deve ser fundamental na reta final do Brasileirão. “Fico feliz por poder voltar. Esse tempo que fiquei fora foi bom para me preparar mais ainda, porque a gente agora só tem decisões pela frente. Não tem tempo para aprimorar a parte física, então para mim foi bom. Voltar num jogo como esse, contra o Corinthians, em São Paulo, é fundamental, porque eu sou uma peça importante no time. Seja jogando ou ficando de fora, tenho uma certa experiência e posso ajudar”, avaliou.

Comentários

Últimas notícias