Leão

Em nota e vídeo, conselheiro do Sport pede desculpas a Gil do Vigor pelos comentários homofóbicos

Flávio Koury realizou comentários homofóbicos contra o pernambucano e ex-BBB em grupo do WhatsApp de conselheiros do Leão

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 16/05/2021 às 23:00
Notícia
ANDERSON STEVENS/SPORT
CONFUSÃO Gil do Vigor, foi ao Sport durante a semana passada e visita indignou conselheiros do clube - FOTO: ANDERSON STEVENS/SPORT
Leitura:

Advogado e conselheiro do Sport, Flávio Koury pediu desculpas, neste domingo, ao pernambucano e economista, Gil do Vigor. Na sexta-feira, o Blog de Jamildo divulgou áudios com comentários homófobicos dele direcionados ao ex-participante do Big Brother Brasil 2021. Nos ataques, Koury falou sobre a dança de Gil, que ficou famosa em todo o Brasil como "tchaki, tchaki", após o reality show, e o ex-BBB reproduziu dentro da Ilha do Retiro.

LEIA MAIS

> Saiba o que Sport ou Náutico precisa fazer para faturar título do Pernambucano de 2021

> Everaldo comemora gol do Sport dançando“tchaki tchaki” em homenagem a Gil do Vigor; veja vídeo

> Após ataques contra Gil do Vigor, Sport realiza homenagens a ex-BBB na final do Pernambucano

> Mãe de Gil do Vigor desabafa e cobra justiça: “Estou indignada”

> Sport: Romero Albuquerque rebate Koury e nega que áudios sobre Gil do Vigor tenham sido tirados de contexto

> Ex-presidente do Brasil, Lula sai em defesa de Gil do Vigor e afirma que opinião do conselheiro do Sport “não condiz com a tradição” do clube

Por meio de nota e vídeo, o conselheiro do Sport também estendeu o pedido a "todos que se sentiram atingidos" pelas palavras. Ele também não esqueceu da família de Gil nas desculpas. Mãe do pernambucano, Dona Jacira não escondeu a revolta com os ataques ao filho.

No primeiro jogo da final do pernambucano, neste domingo, os jogadores do Sport - Tréllez, Everaldo e Neilton - comemoraram o gol dançando o "tchaki, tchaki". Além disso, o Leão promoveu outras ações contra a homofobia e em apoio a Gil do Vigor. Entre elas, acrescentou "do Vigor" após os nomes dos jogadores nas camisas e entrou em campo com uma faixa.

CONFIRA A NOTA E O VÍDEO

Quero pedir desculpas a todos que se sentiram atingidos por minhas palavras, utilizadas num ambiente privado e que, retiradas de um contexto onde se discutia futebol, foram indevidamente remetidas à imprensa e às redes sociais por um dos debatedores.

Especialmente, peço desculpas a Gil do Vigor, que, involuntariamente, viu-se envolvido no episódio, o que jamais foi minha intenção ou intuito, estendendo as escusas também aos seus familiares e fãs.

Recife, 16 de maio de 2021.

FLÁVIO KOURY

Comentários

Últimas notícias