Patrocinada

Escola de Educação e Humanidades aproxima graduações com formação inovadora e reflexiva

Atendendo às novas demandas do mercado, Universidade Católica de Pernambuco estreita comunicação graduações e pós, com pilares humanístico e crítico

JC360
JC360
Publicado em 14/07/2021 às 8:00
Patrocinada
JAILTON JR./JC360
Mudanças no ensino buscam atender novas demandas, afirma Danilo - FOTO: JAILTON JR./JC360
Leitura:

Aprender com os mais atuais métodos de ensino tem feito a diferença na vida profissional de muitos estudantes. Até pouco tempo, graduações eram pensadas isoladamente e promover a integração entre os cursos superiores parecia algo fora da realidade. Pensar na transdisciplinaridade de currículos educativos tornou-se fundamental para o desenvolvimento de novas habilidades consideradas, hoje, essenciais para o mercado. É o que tem feito a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), que passa a contar, a partir deste ano, com a Escola de Educação e Humanidades.

Com foco em uma formação pedagógica em sintonia com as novidades exigidas pelo mercado de trabalho, a nova escola surge para despertar formas inovadoras do saber fazer. Além dos mestrados, doutorados e especializações, ela reúne mais de 14 graduações das ciências humanas, entre licenciaturas e bacharelados - confira o infográfico abaixo.

Artes/JC
Conheça os cursos da Escola de Educação e Humanidades da Unicap - Artes/JC

"Com a reorganização em escolas, todos os cursos foram repensados. Dentro desse processo de integração, consolidamos ainda mais nossa pedagogia baseada em problemas [PBL, do inglês Problem Based Learning] e isso ocasionou uma maior sinergia entre as pesquisas da pós com o fazer pedagógico da graduação", explica o diretor da Escola de Educação e Humanidades da Unicap, Danilo Curado.

Leia também:

>> Graduações da Escola Unicap Icam-Tech se transformam com olhar para o futuro

>> Com novos cursos, Unicap inscreve para pós-graduações e extensões

>> Atenta à inovação, Unicap se aprimora com reestruturação administrativa

Os estudantes trabalham com trilhas de conhecimento, em substituição aos conteúdos programáticos estabelecidos anteriormente. Com isso, eles têm contato com problemas reais dentro da sua área de ensino e são estimulados a procurar soluções que desenvolvam a capacidade para lidar com os desafios do mundo pós-moderno.

"Essas trilhas fazem parte de um currículo móvel porque são repensadas constantemente para que o estudante desenvolva competências necessárias à sua formação. A cada ciclo, isso é revisto à luz das mudanças que acontecem na sociedade", pontua Danilo.

Humanização

Tornar a aprendizagem mais humana também tem sido um pilar importante na reestruturação. Buscar atender novas sensibilidades - principalmente neste mundo pós-covid-19, também favorece a capacidade dos alunos a pensar novas maneiras de enfrentar os desafios presentes no mercado.

Leia também:

>> Programação virtual celebra 40 anos do curso de Ciência da Computação da Unicap

>> Unicap e FEI lançam MBA inédito no país

>> Unicap celebra 50 anos da graduação de Engenharia Civil

"Formamos profissionais humanos e antenados com essa demanda do século XXI, que são as tecnologias, as habilidades e competências para lidar com os outros. Isso favorece uma formação crítica e reflexiva, permitindo que eles atuem reconhecendo a diversidade cultural, os direitos das minorias e também a integração da natureza e da sociedade", pondera o coordenador de Letras da Unicap, Antônio Moraes.

Jailton Jr./JC360
Antônio Moares, coordenador do curso de Letras da Unicap, defende ensino mais humano e crítico na atualidade - Jailton Jr./JC360

Ele considera ainda que essas mudanças preparam melhor os estudantes também para atuar no mundo acadêmico. "Não deixamos de dar atenção também à formação de pesquisadores. Nossos alunos participam dos PIBICs, que são bolsas de iniciação científica, e também de residências pedagógicas. Esses são outros diferenciais interessantes para uma formação mais completa", finaliza.

Assista ao vídeo e conheça outros detalhes da Escola de Educação e Humanidades da Unicap:

Comentários

Últimas notícias