COVID-19

Coronavírus: Prefeitura do Recife ordena fechamento de escolas públicas, particulares e faculdades a partir desta quarta

As férias marcadas para o mês de julho vão ser antecipadas

Mirella Araújo Carolina Fonsêca
Mirella Araújo
Carolina Fonsêca
Publicado em 15/03/2020 às 10:44
Notícia
JAILTON JR/JC IMAGEM
A Prefeitura do Recife convocou uma coletiva de imprensa para apresentar as medidas adotadas pela cidade por conta do coronavírus - FOTO: JAILTON JR/JC IMAGEM
Leitura:

Escolas públicas, municipais e escolas e faculdades particulares deverão ter as atividades suspensas a partir da próxima quarta-feira (18) por causa da pandemia de coronavírus. A determinação foi apresentada pela Prefeitura do Recife, em coletiva de imprensa realizada na manhã deste domingo (15), onde apresentou o Plano Municipal de Contingência - COVID 19 para os próximos meses, que contém dez medidas. À tarde, o Governo de Pernambuco anunciou a suspensão de aulas das escolas estaduais na capital a partir da quarta. Universidades e institutos federais param a partir desta segunda (16). Universidades e colégios da rede particular também anunciaram alterações no calendário escolar.

>> Veja o que abre e o que fecha em Pernambuco por conta do coronavírus

O fechamento das escolas públicas do Recife ocorrerá com antecipação das férias marcadas para o mês de julho. A merenda escolar será garantida por meio de kits de alimentação que os pais poderão buscar na escola uma vez por semana. Escolas e faculdades particulares também terão as atividades suspensas.

» Entenda a diferença entre Covid-19, resfriado e gripe

» Prefeitura do Recife proíbe realização de grandes eventos públicos e privados como forma de prevenir o coronavírus

» Confira medidas de prevenção ao coronavírus adotadas pela Prefeitura do Cabo

» Universidades de Pernambuco confirmam suspensão de aulas a partir de segunda (16)

 

Universidades e institutos federais

Universidades e institutos federais de Pernambuco decidiram paralisar as atividades curriculares a partir desta segunda-feira (16). A decisão foi tomada em reunião realizada pelo Consórcio Pernambuco Universitas na tarde deste domingo (15), na reitoria da Universidade de Pernambuco, como forma de prevenção para evitar o contágio do novo coronavírus (Covid-19). A suspensão vale para todos os campi, e deve perdurar, inicialmente, até o dia 31 de março.

Entre as instituições, estão a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), a Universidade de Pernambuco (UPE), a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasp), a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), a Universidade Federal do Agreste (Ufape) e o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE)

A presidente do Consórcio e reitora da UFRPE, Maria José de Sena, explica que veredito é um esforço conjunto e uma contribuição das universidades e institutos em favor da vida dos pernambucos. "Todos nós temos obrigação de dar nosso apoio e sim, tirar as pessoas de circulação, para que tenha o mínimo de casos possíveis, e para que o Estado possa atender aqueles que vão precisar de internamento", defendeu.

Questões administrativas serão decididas internamente, por cada instituição. O mesmo vale para reposição das aulas, e se os dias de paralisação vão ser descontados do período predefinido de férias.

Das unidades presentes, apenas o Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão) não apresentou veredito sobre a suspensão. Representantes da instituição afirmaram que ainda haverá reunião nesta quarta-feira (18) para decidir sobre a continuidade ou paralisação das aulas.

Além dos reitores das instituições, também estiveram presentes na reunião, para dar contribuições e opiniões sobre os efeitos do coronavírus, o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, Ricarda Samara da Silva, secretária Executiva de Gestão do Trabalho, Educação e Saúde de Pernambuco, Demetrius Montenegro, médico infectologista e chefe do setor de Infectologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz e o diretor do Instituto para Redução de Riscos e Desastres de Pernambuco, Jonas de Albuquerque.

Particulares

Particulares Universidade e faculdades particulares também vêm enviando comunicados aos alunos informando de alterações no calendário escolar. Veja lista de instituições que se pronunciaram:

  • UNINASSAU – aulas suspensas de segunda-feira (16) até o dia 31 de março
  • FPS - aulas suspensas a partir da quarta-feira (18)
  • Fafire - aulas suspensas de segunda-feira (16) até o dia 31 de março
  • Aeso - aulas suspensas de segunda-feira (16) até o sábado (21)
  • FBV - aulas suspensas a partir da segunda-feira

Lista das dez ações anunciadas pela Prefeitura do Recife

1 - Escolas da Prefeitura serão fechadas a partir da próxima quarta-feira (18), com antecipação das férias marcadas para o mês de julho. A merenda escolar será garantida por meio de kits de alimentação que os pais poderão buscar na escola uma vez por semana.

2 - As escolas e faculdades particulares devem suspender as aulas a partir da próxima quarta-feira (18).

3 - Liberação de R$ 10 milhões para aquisição de Equipamentos de Proteção Individual para os profisionais de Saúde.

4 - Suspensão das férias de todos os profissionais de Saúde, Assistência Social, Defesa Civil e Guarda Municipal nos meses de abril e maio. Todos os profissionais necessários para a atenção emergencial à populaçaõ em razão da pandemia poderão ser convocados a trabalhar em regime especial.

5 - Criação de leitos de isolamento provisório em unidades da rede municipal de saúde e da rede filantrópica.

6 - Criação de um Grupo de Trabalho, formado por seis secretarias, para enfrentamento das consequências socio-econômicas das medidas restritivas dos Planos Nacional, Estadual e Municipal de Contingência da Covid-19. Este Grupo de Trabalho está elaborando um Plano de Mitigação focado nos impactos da renda dos trabalhadores informais.

7 - Liberaçaõ de R$ 5 milhões para fortalecimento do estoque de cestas básicas da Secretaria de Desenvolvimento Social.

8 - Criação de uma Rede de Solidariedade para os profissionais envolvidos no Plano Municipal de Contingência e para as família de baixa renda que serão impactadas pelas medidas restritivas.

9 - Solicitação a ANVISA de suspensão de todos os voos internacionais a partir do próximo dia 20 de março. Os casos de necessidades de retorno de pernambucanos, depois do dia 20 de março, devem ser tratados de forma especial com a ANVISA e Secretaria Estadual de Saúde.

10 - Solicitaçaõ de R$ 92 milhões ao Governo Federal para custeio do Plano Municipal de Contingência - COVID 19 nos próximos meses.

>> Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, em Pernambuco, é suspensa por conta do coronavírus

>> Em meio ao coronavírus, Abril pro Rock muda de mês pela primeira vez

Representante das escolas particulares

O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de Pernambuco (Sinepe), José Ricardo Dias Diniz, afirmou que as aulas serão mantidas nesta segunda-feira (16), mas o conselho diretor da entidade se reunirá às 16h para discutir as ações no Recife e no Estado. "Estamos acompanhando", afirmou. "O momento requer prudência e avaliação". O conselho que vai se reunir nesta segunda-feira tem 32 integrantes. Eles vão esperar se o Governo do Estado vai se posicionar também.

No Recife, há cerca de 600 escolas particulares e, em Pernambuco, 2,4 mil.

Mais informações em instantes

Como se prevenir do coronavírus

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Mapa do coronavírus pelo mundo

Pandemia

Na útlima quarta-feira (11), a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o novo coronavírus (covid-19) como uma pandemia. Uma doença infecciosa é considerada uma pandemia quando sua disseminação sai do controle e se espalha por uma região geográfica ou mesmo por todo o planeta, afetando uma grande quantidade de pessoas. Mais de 118 mil pessoas foram infectadas em 114 países. Ao todo, mais de 4.300 mortes foram registradas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias