PREVENÇÃO

Coronavírus: governo pede à população que não vá às praias

Entre as medidas anunciadas pelo governo está a suspensão dos serviços de comércio nas praias

Amanda Rainheri
Amanda Rainheri
Publicado em 20/03/2020 às 19:07
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Praia de Boa Viagem sem ninguém, vazia de pessoas. Movimentação do Recife durante a pandemia do Coronavírus. Zona sul do Recife. Pernambuco. Recife com pequena movimentação. - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (20), o governo do Estado voltou a fazer um apelo à população para que não deixe suas casas, como forma de evitar o contágio e a disseminação do novo coronavírus (covid-19). Com o fim de semana chegando, a recomendação é também um alerta para quem pretende ir às praias pernambucanas. O Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco, com apoio da Polícia Militar e das prefeituras da Região Metropolitana do Recife e Litoral, estarão na orla a partir deste sábado (21) para esclarecer a população, a fim de cumprir o Decreto Estadual nº 48.832, que define medidas restritivas de acesso às praias de Pernambuco.

>> Coronavírus: Pernambuco anuncia 1º caso de cura em mulher que foi infectada

>> Sobe para 904 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil

>> Começa operação de retirada de passageiros e tripulantes de navio atracado no Porto do Recife por conta do coronavírus

De acordo com o decreto assinado pelo governador Paulo Câmara, as praias somente poderão ser frequentadas para prática de atividade física individual, estando proibidos os esportes coletivos e qualquer tipo de comércio. As medidas fazem parte do conjunto de ações do Governo do Estado no enfrentamento ao novo coronavírus.

A ação educativa ocorrerá em parceria com as respectivas prefeituras. No Recife, o trabalho se dará nas praias de Boa Viagem, do Pina e de Brasília Teimosa, bairros da Zona Sul. Além de abordar e sensibilizar os frequentadores junto à Guarda Civil Municipal do Recife (GCM) e à Diretoria de Controle Urbano do Recife (Dircon), o Corpo de Bombeiros Militar (CBMPE) terá profissionais de plantão nos 8 postos avançados dispostos na areia, ao longo da orla da capital. Ao todo, são 40 bombeiros envolvidos. Ao mesmo tempo, a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) continuará com o policiamento de área destinado a cada região, preparada para agir em casos que demandem sua intervenção.

Quiosques e equipamentos de lazer, musculação e ginástica instalados no calçadão estarão isolados, não podendo ser utilizados por quem se dirigir às praias. “É importante dizer que quem quiser correr ou caminhar sozinho pode ir, desde que respeite a distância de outras pessoas, como recomendado pelas autoridades sanitárias. O que ninguém pode é se reunir em práticas coletivas, e isso em qualquer orla do Estado. Vale também para municípios que não estão na costa, mas contam com rios e represas, como Petrolina e Petrolândia”, lembrou o tenente-coronel Erick Aprígio, chefe de Planejamento e Operações do CBMPE.

De acordo com o procurador-geral do Estado, Ernani Medicis, quem desobedecer as medidas está cometendo crime. "Temos que reconhecer que a população vem cooperando, mas pedimos, no que diz respeito às praias, para que evitem, para evitar esse mal do coronavírus", completou. 

Durante a semana, a Praia de Boa Viagem, na Zona Sul da capital, ficou vazia. Na areia, guarda-sóis e cadeiras vazias esperavam por banhistas que não chegaram. 

WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Praia de Boa Viagem sem ninguém, vazia de pessoas. Movimentação do Recife durante a pandemia do Coronavírus. Zona sul do Recife. Pernambuco. - WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Muitas cadeiras estavam vazias - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Mesmo com a recomendação de ficar em casa, algumas pessoas ainda foram à praia - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Praia de Boa Viagem sem ninguém, vazia de pessoas. Movimentação do Recife durante a pandemia do Coronavírus. Zona sul do Recife. Pernambuco. Recife com pequena movimentação. - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Em dias normais, a Praia de Boa Viagem é destino de milhares de banhistas - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Movimentação na Praia de Boa Viagem durante a pandemia do Coronavírus - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

- Evitar contato próximo com pessoas doentes.

- Ficar em casa quando estiver doente.

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

- Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

- Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Comentários

Últimas notícias