ALERTA

Suspeitos aplicam golpes em consumidores com perfil falso do Procon Recife no Instagram

Um perfil falso criado solicita informações pessoais aos consumidores

Rute Arruda
Cadastrado por
Rute Arruda
Publicado em 18/05/2020 às 20:57 | Atualizado em 18/05/2020 às 21:02
PIXABAY
Um porta-voz do Instagram à AFP afirmou que a pesquisa é "completamente tendenciosa", uma vez em que "o algoritmo analisa o tempo gasto em determinados tipos de conteúdo" - FOTO: PIXABAY
Leitura:

Um novo golpe está sendo aplicado na internet, e, desta vez, os suspeitos estão usando o nome do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) Recife. O golpe funciona da seguinte forma: por um perfil falso criado no Instagram (@procon_recife_) os suspeitos entram em contato pelo direct e solicitam nome e telefone. Após isso, um SMS, que permite ao suspeito hackear as informações pessoais, é enviado ao consumidor.

O golpe foi descoberto após o perfil oficial do Procon Recife (@proconrecife) ser bloqueado de responder os consumidores e também uma usuária do Instagram entrar em contato para informar que o seu problema já havia sido resolvido, mas que os dados foram solicitados novamente.

Em uma publicação feita na tarde desta segunda-feira (18), o Procon Recife alertou aos consumidores que o órgão não solicita nome, telefone e RG pelo direct, e nem segue perfis dos consumidores no Instagram. O perfil falso segue, atualmente, 28 pessoas, incluindo famosos. Além disso, na descrição do perfil consta um link para um site falso do Procon Recife. De acordo com o órgão, o site oficial ainda não está pronto.

Para fazer uma reclamação, é necessário preencher um formulário do Google. No link, é solicitado uma série de informações, como nome completo, endereço no município do Recife, CEP, telefone para contato, RG, CPF, e-mail, endereço da empresa reclamada, CEP e CNPJ da empresa. As informações serão direcionadas ao e-mail oficial do órgão, que é o denunciaprocon@recife.pe.gov.br.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

?ALERTA!!?

Uma publicação compartilhada por PROCON Recife (@proconrecife) em

Segundo o órgão, ainda não é possível saber a quantidade de pessoas que caíram no golpe. Um boletim de ocorrência será feito nesta terça-feira (19) para que o crime seja investigado.

Reclamações durante a pandemia

O relatório de atendimento do Procon Recife mostra que o número de reclamações recebidas via internet aumentou mais de 300% no mês de abril, em comparação com o mesmo mês do ano anterior, bem como no mês anterior à pandemia. O órgão atribui esse maior fluxo ao período de quarentena, decretado em todo o Estado para evitar a propagação do novo coronavírus.

Segundo o levantamento, entre os dias 20 de março e 30 de abril o Procon Recife recebeu 2.786 demandas. No mesmo período de 2019, foram 811 reclamações. A presidente do Procon Recife, Ana Paula Jardim, destaca que foi constatado o aumento da demanda na mesma medida em que a maioria dos serviços começou também a ser realizado a distância.

Também foi registrado um aumento de mais de 100 % com relação às reclamações com relação às compras realizadas pela internet. Dessas reclamações, mais de 70% se referem a problemas de entrega, 14% com sites falsos que aplicaram golpes aos consumidores e 16% são de reclamações porque o produto entregue divergia do escolhido no site.

Comentários

Últimas notícias