Coronavírus

No Recife, 50 estabelecimentos foram fechados por descumprirem lockdown; 180 mil veículos foram fiscalizados

Nos últimos cinco dias, segundo Geraldo Julio, houve um aumento de 6% na média de isolamento, representando 106 mil pessoas a mais em casa no Recife

JC
JC
Publicado em 22/05/2020 às 12:15
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Governo aumenta as restrições durante a pandemia do coronavírus. Movimentação no bairro de Casa Amarela. - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Durante os cinco dias de quarentena mais rígida no Recife, dos 166 estabelecimentos fiscalizados pela prefeitura da cidade, 50 foram fechados por não estarem de acordo com o decreto estadual número 49.017/2020, que prevê que apenas atividades consideradas essenciais podem funcionar até o dia 31 de maio. Os dados foram divulgados pelo prefeito Geraldo Julio, em coletiva de imprensa online na manhã desta sexta-feira (22), para apresentar o balanço da primeira semana de lockdown na capital. No período, nos 16 bloqueios montados na capital pernambucana, desde o último sábado (16), foram fiscalizados 180 mil veículos e, segundo o gestor, houve um aumento de 6% na média de isolamento, representando 106 mil pessoas a mais em casa.

Os estabelecimentos comerciais fiscalizados ficam nos bairros de Casa Amarela, Nova Descoberta e Água Fria, na Zona Norte do Recife. Em Água Fria, nessa quinta-feira (21), foram 68 estabelecimentos notificados, dos quais 15 foram fechados. Na terça (19), a fiscalização ocorreu no entorno da Feira Nova e do Mercado de Nova Descoberta, com a interdição de 18 estabelecimentos. Entre as lojas fechadas estão barbearias, sementeira, lava-jato, marcenaria, vidraçarias, lojas de conserto de celular. Em Casa Amarela, foram 22 estabelecimentos notificados. O fechamento se dá após o proprietário ser notificado e seguir descumprindo o decreto.

Nos 16 bloqueios montados na capital pernambucana, foram fiscalizados 180 mil veículos. Destes, 7.500 motoristas receberam orientação para voltar para casa. Geraldo Julio afirma que, por enquanto, não há previsão de estender o prazo da quarentena, que continua sendo o dia 31 de maio. "Essa foi a indicação de todos os estudos, dados, estatísticas e evidências científicas de que esse era o momento mais adequado pra gente fazer esse fechamento mais rígido de 15 dias. Os resultados estão dentro do esperado, eu diria que até acima. A expectativa era de que ocorresse um aumento entre 4% e 5%", relatou.

>> Lockdown precisa de ajuste ou não vai mudar a situação do sistema de saúde

>> Mesmo com lockdown, periferia estará sempre nas ruas

De acordo com o prefeito, a primeira semana do lockdown no Recife foi avaliada como positiva. "A gente conseguiu ampliar o isolamento, nos últimos cinco dias, de uma média de 51% para 58%. É um aumento muito expressivo. Isso está salvando vidas e está fazendo com que menos pessoas fiquem doentes", disse. Ao todo, 500 servidores da prefeitura estão trabalhando nas operações de fiscalização, entre Dircon, guarda municipal, Procon, CTTU, entre outros.

O secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, também participou da coletiva. Questionado se foi testado para a covid-19, após o secretário Estadual de Saúde, André Longo, ter o caso positivado da doença, Jailson afirmou que não chegou a ser testado, já que não apresentou sintomas. "Continuo trabalhando normalmente e adotando todos os cuidados. Quero reforçar a mensagem de que é fundamental ficar em casa agora, cada pessoa que fica em casa ajuda a salvar uma vida", completou.

Isolamento nessa quinta

Entre as cidades que tiveram circulação de pessoas e veículos proibida pelo Decreto Estadual que entrou em vigor no último sábado (16), apenas Recife e Olinda estiveram entre os cinco municípios mais reclusos em Pernambuco nessa quinta-feira (21), segundo Painel Índice de Isolamento Social, divulgado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e medido através da geolocalização de smartphones, tecnologia usada pela empresa In Loco. A nível estadual, Pernambuco teve isolamento de 47,6%

A cidade de Alagoinha, no Agreste do Estado, esteve no topo com ranking, com 56,5% da população reclusa. Recife vem logo em seguida, com 52,4%. Em terceiro lugar está Poção, no Agreste, com 51,9%. O quarto e quinto lugar foram ocupados por Olinda (51,8%) e Salgadinho (51,4%), respectivamente.

As outras cidades em lockdown, Camaragibe (50,2%), São Lourenço da Mata (48,9%) e Jaboatão dos Guararapes (48,4%), ficaram em 9º, 15º e 18º lugar, respectivamente.

Veja como funciona o decreto

Entre os dias 16 e 31 de maio, o rodízio de veículos vai separar as placas terminadas em números pares (circulam nos dias pares) ou ímpares (circulam nos dia ímpares), além da implantação de pontos de controles móveis entre os cinco municípios. Não serão aplicadas multas de trânsito. Os motoristas que desobedecerem à regra, num primeiro momento, serão orientados a voltar para casa. Se insistirem, terão veículo apreendido. Se a desobediência continuar por parte do condutor, as forças policiais poderão ser empregadas, com condução do motorista a uma delegacia. Só poderão circular veículos com até três pessoas, incluindo o motorista, com exceção de socorro médico, por exemplo. 

As exceções, ou seja, quem tem livre circulação, são os profissionais das áreas de saúde, segurança, defesa civil e de uso oficial, além de veículos de serviços essenciais, como distribuidoras de água e gás, energia, Correios, imprensa, alimentos, funerárias, coleta de lixo, obras, guinchos, ambulâncias, táxis, ônibus e motocicletas de entrega.

Para fiscalizar os condutores, serão ativados 34 pontos de fiscalização, sendo 16 em Recife, oito em Olinda e oito em Jaboatão dos Guararapes. Outros dois pontos vão ser instalados em Camaragibe (um) e São Lourenço da Mata (um). A fiscalização será feita em blitz. 

Veja categorias/serviços cujos veículos estão isentos do rodízio 

Artes JC
Veículos que serão isentos do rodízio em Pernambuco - Artes JC

Circulação de pessoas

Para circulação de pessoas, o governo exigirá a apresentação de documento de identificação, além de justificativa do destino e finalidade essencial para a saída. É recomendado às pessoas que precisam sair de casa, que se dirijam a estabelecimentos próximos a suas residências. O Governo do Estado informa também que serão feitas ações de fiscalização e fechamento de estabelecimentos comerciais nas comunidades, além de higienização de ruas e distribuição de kits de higiene. Também haverá entrega de material informativo com reforço da importância do isolamento social.

Obrigatoriedade do uso de máscaras

Todas as pessoas que circulam nas cinco cidades precisarão fazer uso obrigatório de máscaras. Pessoas sem o equipamento, que estiverem em vias públicas, serão orientadas a voltar para suas casas. Nos casos de estabelecimentos comerciais e transporte público, haverá autuação se for constatada a desobediência à nova medida.

Artes JC
Veículos que serão isentos do rodízio em Pernambuco - FOTO:Artes JC

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias