Caso Miguel

Mirtes, mãe de Miguel, denuncia golpe de vaquinha virtual usando seu nome

Na falsa campanha, usando o instagram da mãe de Miguel, mensagem pede dinheiro dos internautas para construção de uma casa própria

Ciara Carvalho
Ciara Carvalho
Publicado em 07/07/2020 às 9:11
DAY SANTOS/JC IIMAGEM
MOBILIZAÇÃO A mãe do menino, Mirtes Renata, e representantes de entidades pedirão justiça em frente à 1ª Vara - FOTO: DAY SANTOS/JC IIMAGEM
Leitura:

Mirtes Souza, mãe do menino Miguel Otávio Santana da Silva, 5 anos, descobriu na manhã desta terça-feira (7) que está sendo vítima de um golpe na internet. Alguém entrou no instagram dela e criou uma vaquinha virtual, pedindo ajuda dos internautas para a construção de uma casa própria.

"Hoje, venho pedir um pouco da ajuda de vocês. Eu trabalhava de diarista, com o sonho de construir minha própria casa. mas ainda não consegui arrecadar o valor, então venho pedir a todos vocês que puderem me ajudar a realizar o meu sonho de ter a minha casa própria", diz um trecho da falsa mensagem postada no instagram.

» Caso Miguel: Sarí é indiciada por abandono de incapaz e pode pegar de 4 a 12 anos de reclusão se condenada

» O desabafo de Mirtes, após conversa com Sarí: "A máscara dela caiu"

» Caso Miguel: "Eu sinto que fiz tudo que podia", diz Sarí Corte Real

» Confira a cobertura completa do Caso Miguel

Mirtes acordou com várias mensagens no celular, avisando do golpe que está circulando na internet em seu nome. "Logo quando acordei, já recebi essa bomba. E estou me organizando para ir na delegacia. Fizeram uma vaquinha virtual em meu nome, botaram até informações falsas. Estão se aproveitando da minha situação, da minha dor, para poder roubar as pessoas. Isso é um absurdo. Já conversei com meu advogados. Isso é caso de polícia. Estou me organizando para ir agora na delegacia prestar queixa dessa situação", afirmou, indignada.

Reprodução/ Instagram
Perfil no Instagram que pede ajuda dos internautas para a construção de uma casa própria é falso. - Reprodução/ Instagram

INSTAGRAM RACKEADO

Mirtes já havia denunciado, na semana passada, que o seu instagram, usado agora para o pedido de vaquinha virtual, havia sido hackeado e todas as fotos de Miguel tinham sido apagadas.


Ela foi alertada por uma vizinha, que mandou uma mensagem ainda na madrugada desta terça-feira (7), avisando que alguém estava usando seu nome para ganhar dinheiro na internet. "Minha internet ontem estava muito ruim. Quando eu liguei o celular hoje pela manhã, chegou um monte de mensagens, e uma delas foi da minha vizinha, ainda de madrugada, contando o que tava acontecendo. Eu chega tomei um susto", contou a mãe de Miguel.

Mirtes fez questão de reafirmar e deixar claro que nunca fez nem autorizou qualquer tipo de vaquinha virtual em seu nome. "Eu pedi o link e entrei no instagram. Constatei que, de fato, a campanha existe. Eu pedi para que minha vizinha denunciasse. Eu chega fiquei assustada. Porque isso é uma fraude. É golpe. Vou na delegacia para que a polícia descubra quem está fazendo isso em meu nome", afirmou Mirtes.

Comentários

Últimas notícias