Caçador II

Polícia prende 21 suspeitos por tráfico, homicídio e roubo no Grande Recife

A ação fez parte da Operação de Intervenção Tática (OIT) Caçador II, deflagrada nessa quinta-feira (17)

JC
JC
Publicado em 18/09/2020 às 14:18
Notícia

DIVULGAÇÃO/PCPE
Detalhes foram apresentados em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira (18), pelo delegado Lívio Magno, titular da DP de Cruz de Rebouças; delegado Antônio Barros, gestor da DIM; delegado Diogo Faria, GCOM; e a delegada Beatriz Leite, titular da 6° DESEC - FOTO: DIVULGAÇÃO/PCPE
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu 21 pessoas nos municípios de Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Cabo de Santo Agostinho e Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, suspeitas de envolvimento em crimes de tráfico de drogas, homicídios, roubos e porte ilegal de armas de fogo. A ação fez parte da Operação de Intervenção Tática (OIT) Caçador II, deflagrada nessa quinta-feira (17).

Das capturas, 4 foram efetuadas por mandados de prisão e uma por mandado de busca e apreensão de menor. Os outros 16 suspeitos foram autuados em flagrante delito, sendo 11 por tráfico de drogas, um por tentativa de homicídio, um por roubo, um por apropriação indébita, e dois menores apreendidos por infração equivalente a tráfico de droga.

Também foram apreendidos 43,309 quilos e 505 bigs de maconha, 131 pedras de crack, dois veículos, uma espingarda calibre 12 com cinco munições; um revólver calibre 32 com cinco munições; três balanças de precisão; entre outros materiais.

A operação foi coordenada pela Diretoria Integrada Metropolitana (DIM), nas áreas da 6ª Delegacia Seccional (Jaboatão); 8ª Delegacia Seccional (Paulista) e 10° Delegacia Seccional (Cabo de Sa anto Agostinho).

Os três delegados titulares e suas equipes participaram da operação. No total, foram empregados 116 policiais civis - 18 delegados, 84 agentes e 14 escrivães - da DIM.

O delegado Antônio Barros, gestor da DIM, classificou a ação como exitosa. "A operação Caçador é literalmente uma operação de caça ao traficante", definiu. "A Polícia Civil e principalmente a Diretoria Integrada Metropolitana têm dado atenção especial no combate a esse tipo de delito. A gente tem feito operações costumeiras na repressão a este tipo de crime", disse.

“Na deflagração dessa OIT, todas as delegacias da área ficaram responsáveis por tentar caçar traficantes e homicidas”, explicou a delegada Beatriz Leite, titular da 6° DESEC.

Nesta sexta-feira (18), policiais civis da 22ª Circunscrição Piedade prenderam cinco integrantes de uma associação criminosamente de tráfico de drogas. Os suspeitos foram encontrados nas cidades de Paulista, Olinda e Recife, mas atuavam também em Jaboatão dos Guararapes.

Com eles, foram apreendidos os veículos, as armas de fogo e munições, 30 quilos de maconha in natura mais 25 tabletes de prensada com 700 gramas cada, três balanças de precisão e dois celulares.

Paulista

Outra prisão em flagrante foi de uma mãe e de um filho, em Engenho Maranguape, em Paulista. Os policiais da 8ª Delegacia seccional de Paulista, com o apoio da equipe da Delegacia de Cruz de Rebouças, compareceram à casa da mulher após receberem denúncia anônima da população.
“Ela inicialmente negou, permitiu a entrada dos policiais, confiante de que não iriam ser encontradas as drogas. Porém, ao entrarem na residência, os policiais encontraram 400 porções de maconha, inclusive no quarto dela e do filho, de menor”, comentou o delagado Lívio Magno Alves, titular da DP de Cruz de Rebouças. A mulher negou o crime, mas o adolescente confessou.

DIVULGAÇÃO/PCPE
Detalhes foram apresentados em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira (18), pelo delegado Lívio Magno, titular da DP de Cruz de Rebouças; delegado Antônio Barros, gestor da DIM; delegado Diogo Faria, GCOM; e a delegada Beatriz Leite, titular da 6° DESEC - DIVULGAÇÃO/PCPE
DIVULGAÇÃO/PCPE
Detalhes foram apresentados em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira (18), pelo delegado Lívio Magno, titular da DP de Cruz de Rebouças; delegado Antônio Barros, gestor da DIM; delegado Diogo Faria, GCOM; e a delegada Beatriz Leite, titular da 6° DESEC - DIVULGAÇÃO/PCPE

Igarassu

Uma das prisões em Paulista chamou a atenção pelo contexto inusitado. Um homem foi preso em flagrante após a vítima procurar a delegacia na quinta-feira, informando que foi a um encontro com rapaz, que conheceu pela internet e, ao final do dia, levou uma chave de braço e teve o celular roubado por ele. “Nós procuramos através da foto dele e por volta da tarde acabamos encontrando ele em Itamaracá e capturamos ele com o celular da vítima”, detalhou Magno Alves.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias