PANDEMIA

Pernambuco enviará concentradores de oxigênio para o Amazonas

A Prefeitura do Recife e o governo do Estado enviarão duzentos concentradores de oxigênio ao estado do Norte brasileiro

JC
JC
Publicado em 15/01/2021 às 23:25
Notícia
DIVULGAÇÃO
Equipamentos serão enviados neste sábado (16) - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

O governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife (PCR) enviarão, neste sábado (16), 200 concentradores de oxigênio (O2) para serem distribuídos às unidades hospitalares da rede pública de saúde do Amazonas, que enfrenta crise sanitária provocada pela falta de oxigênio para tratamento de pacientes com covid-19 e outras doenças.

>> Recife e outras cidades do Brasil registram panelaço contra Bolsonaro

>> Estima-se que até 750 pacientes tenham que deixar Manaus por causa da falta de oxigênio

>> Pazuello afirma que seis aeronaves da FAB transportarão oxigênio para o Amazonas

A companhia aérea Azul vai disponibilizar uma aeronave para levar os equipamentos, que somam mais de três toneladas, do Aeroporto Internacional do Recife, na Imbiribeira, Zona Sul da capital, para Manaus.

Os equipamentos são indicados para o tratamento de pacientes que precisam de suporte de oxigênio para darem continuidade à assistência. Os concentradores são máquinas que funcionam abastecendo o O2 a partir do ambiente, concentrando o oxigênio que fica com pureza de até 95%, sendo capaz de fornecer até cinco litros de O2 por minuto ao paciente.

"O enfrentamento da covid-19 é um desafio de toda a Nação brasileira e neste momento estamos todos imbuídos do sentimento de ajudar nossos irmãos amazonenses nesse momento difícil. Este é um gesto humanitário e que não tem impacto na assistência aos pernambucanos", afirma o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo.

>> 'Coloquei Pernambuco à disposição dos amazonenses', diz Paulo Câmara após colapso na saúde em Manaus

Na noite da última quinta-feira (14), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara conversou com o governador Wilson Lima e ofereceu ajuda. "Coloquei o Estado de Pernambuco à disposição dos cidadãos amazonenses, nesse momento tão difícil. Faremos tudo que esteja ao nosso alcance para ajudar os irmãos do Amazonas a superar esse momento crítico da pandemia", disse Paulo Câmara.

Comentários

Últimas notícias