esperança

Vídeo: passageiros de avião que fez o transporte de vacinas contra a covid-19 para o Recife se emocionam durante voo

Avião saiu às 16h30 desta segunda-feira (18) com carregamento de vacinas da Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 18/01/2021 às 19:20
Notícia
REPRODUÇÃO/LATAM
Voo saiu de Guarulhos, em São Paulo, com destino ao Recife - FOTO: REPRODUÇÃO/LATAM
Leitura:

Um voo de esperança de um futuro melhor decolou de São Paulo com destino ao Recife na tarde desta segunda-feira (18). Isso porque, às 16h30, o primeiro avião com carregamento de vacinas do primeiro lote da Coronavac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, saiu de Guarulhos para pousar na capital pernambucana. Transporte gratuito foi feito pela LATAM Cargo Brasil.

>> Vacina contra a covid-19 chega a Pernambuco

Previsto para pousar às 19h40 no Aeroporto do Recife, localizado no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul da capital, o voo LA3446 (GRU-REC) está transportando 114 caixas de vacina, que deve imunizar uma fração da população pernambucana.

"Gostaria de informar a todos que esse é um voo especial. Neste avião levamos também a esperança a todo nosso País. Esse é o primeiro voo com a carga de vacina contra a covid-19", disse a comandante Geisa Lebourg Miranda antes do avião partir. Emocionados, passageiros receberam a notícia com aplausos.

 

Além do Recife, outras capitais também irão receber o imunizante por meio de voos da LATAM. De acordo com a companhia aérea, a partir dessa segunda a empresa estará realizando o transporte doméstico gratuito de 513 caixas (aproximadamente 15 toneladas) de vacina contra para diversas cidades, em que já estão confirmados quatro voos partindo de São Paulo/Guarulhos com destino a Curitiba, Belém e Rio de Janeiro ainda hoje.

Insumos com destino a Manaus

Segundo a LATAM, a companhia também disponibilizou o transporte de 52 toneladas de insumos médicos – sendo 959 cilindros de oxigênio – com destino a Manaus, que sofre com um colapso no sistema de saúde. Esses transportes são realizados por meio do Avião Solidário da empresa.

Além disso, a empresa tem transportado ventiladores pulmonares, desenvolvidos pela Escola Politécnica da USP para a capital amazonense. A previsão é de que todos os ventiladores pulmonares cheguem a Manaus até esta terça-feira (19).

 

Comentários

Últimas notícias