manifestação

Protesto interdita BR-101, no Recife, após atropelamento de mãe e filho

Vítimas foram atropeladas por um caminhão na noite dessa quarta-feira (20). Criança de 6 anos não resistiu aos ferimentos e morreu

JC
JC
Publicado em 21/01/2021 às 19:39
ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
Além de pedir por sinalização no local e uma passarela na área, os manifestantes denunciaram a falta de assistência do Hospital da Restauração à Maria Aparecida - FOTO: ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
Leitura:

Com informações da TV Jornal

Com restos de carros e eletrodomésticos, moradores do Jordão Alto, na Zona Sul do Recife, bloquearam parte da BR-101, nas imediações do quilômetro 77, na tarde desta quinta-feira (21), em protesto por causa do atropelamento de mãe e filho, que ocorreu na noite dessa quarta (20), às margens da rodovia. As vítimas foram socorridas para o Hospital da Restauração, na Área Central da capital, mas o menino, Bernan Gabriel Honorato Martins, de 6 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. A mãe do garoto, Maria Aparecida Honorato, de 27 anos, segue internada, em estado grave.

A manifestação ocasionou um grande engarrafamento na rodovia. Além de pedir por sinalização no local e uma passarela na área, os manifestantes denunciaram a falta de assistência do Hospital da Restauração à Maria Aparecida. De acordo com um primo dela, a mulher ainda estaria a espera de um leito na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na unidade de saúde.

"Estamos protestando por leitos de UTI para Cida, porque ela passou por várias cirurgias tem que estar numa UTI para ser intubada e o Hospital da Restauração não está dando o suporte preciso. Estamos fazendo um apelo para que o Hospital possa ver algum leito na UTI para ela", falou Diego Honorato, primo de Maria Aparecida.

À TV Jornal, o Hospital da Restauração afirmou que o estado de saúde de Maria Aparecida é grave, porém, estável. Ela está na sala de recuperação. De acordo com o Hospital, apesar de não estar na UTI, a vítima está recebendo todos os cuidados que teria se estivesse em um leito da UTI.

De acordo com testemunhas, o acidente ocorreu quando o motorista de um caminhão teria tentado desviar de uma motocicleta que cruzava a pista e acabou atingindo mãe e filho. No momento do atropelamento, a criança estava utilizando uma máscara de proteção, com imagens do personagem Hulk, que, durante o protesto estava nas mãos de Janiel Honorato, tio das vítimas. 

"Ele é meu sobrinho-neto são duas dores que estou sentindo aqui dentro. Se tivesse pelo menos uma lombada aqui poderia ter evitado o acidente", desabafou o homem.

ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
Com restos de carros e eletrodomésticos, moradores da comunidade do Jordão Alto, na Zona Sul do Recife, bloquearam parte da BR-101, nas imediações do quilômetro 77, na tarde desta quinta-feira (21) - ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
O bloqueio se deu como forma de protesto contra o atropelamento de mãe e filho, que ocorreu na noite dessa quarta (20), às margens da rodovia - ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
Na ocasião, as vítimas foram socorridas para o Hospital da Restauração, na Área Central da capital, mas o menino, Bernan Gabriel Honorato Martins, de 6 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu - ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
Já a mãe do garoto, Maria Aparecida Honorato, de 27 anos, segue internada em estado grave - ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
A manifestação ocasionou um grande engarrafamento na rodovia - ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM
Além de pedir por sinalização no local e uma passarela na área, os manifestantes denunciaram a falta de assistência do Hospital da Restauração à Maria Aparecida - ALEX OLIVEIRA/ JC IMAGEM

Os moradores da área dizem que este não foi o primeiro atropelamento que ocorreu no local. Eles reclamam da falta de sinalização.

"Ano passado, nós perdemos um vizinho por conta dessas manobras bruscas aqui, é um aperreio para a gente atravessar. Se a gente quiser comprar um pão, um remédio, temos que atravessar aqui para o UR-05 ou subir a escadaria. A gente precisa de uma lombada eletrônica, uma passarela ou qualquer coisa aqui para a comunidade. Tem uma creche aqui do outro lado, onde precisamos levar os nossos filhos", disse a dona de casa Alexsandra Costa.

Após quatro horas de protesto, o Corpo de Bombeiros conseguiu apagar o fogo, desobstruir a pista e liberar o trânsito da área.

Vistoria

Em nota, o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT) informou que uma equipe técnica irá efetuar uma vistoria no local para verificar se há possibilidade de implantação de uma lombada física ou adoção de outra medida no local. Veja o texto na íntegra:

"O DNIT informa que uma equipe técnica irá efetuar vistoria no local e verificar a possibilidade de implantação de lombada física ou adoção de outra medida visando reforçar a segurança viária nas imediações do km 77 da BR -101.

Além disso, após a conclusão da atual requalificação da rodovia, trecho Contorno do Recife, executada pelo DER/PE, estão previstas melhorias na sinalização da via, inclusive de travessia de pedestres.

Por fim ressaltamos que o trecho em questão apresenta diversos redutores de velocidade, inclusive lombadas eletrônicas nas proximidades do local."


 

 

 

Comentários

Últimas notícias