CRIME

Onda de assaltos traz insegurança para moradores de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife

Na segunda-feira (15), dois homens utilizaram arma de fogo para intimidar e assaltar uma mulher

Vanessa Moura
Vanessa Moura
Publicado em 19/02/2021 às 11:00
Notícia

Reprodução/TV Jornal
Na rua Poeta Zezito Neves, por exemplo, o medo tem tomado conta dos moradores - FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Com informações da TV Jornal

A insegurança tem sido recorrente em alguns pontos de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Na rua Poeta Zezito Neves, por exemplo, moradores enfrentam diariamente o medo de serem assaltados ao realizarem tarefas corriqueiras, como ir ao mercado, à farmácia ou à academia. 

Thaís Laranjeira, que é profissional de relações públicas, mora na área. Ela contou à reportagem que, mesmo sua casa estando a poucos metros de distância da academia onde pratica exercícios físicos, a insegurança até chegar ao local é grande. "Por aqui realmente não tá dando pra vacilar. Evito levar o celular, só levo quando sei que terei carona para voltar pra casa, mesmo morando tão pertinho", conta.

 

Na última segunda-feira (15), às 19h29, o circuito de segurança de um dos prédios da rua registrou a ação dos criminosos. Dois homens de bicicleta aparecem seguindo uma mulher, e, quando chegam na esquina, sacam a arma e roubam o celular da vítima. Veja:

Em nota, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Boa Viagem, informou que está investigando o roubo. Os suspeitos ainda não foram identificados. 

Há dois meses, a doméstica Edjane Mamede passou pelo mesmo susto. Ela conta que também foi intimidada com uma arma de fogo. "É só o telefone, eles não querem a bolsa. Mandam a gente tirar o telefone, colocam a arma no peito e se a gente não der, eles atiram", revelou. 

A reportagem do JC entrou em contato com a Polícia Militar (PM-PE) em busca de uma posição a respeito da frequente onda de insegurança relatada pelos moradores do bairro. Até o momento, nenhuma resposta foi recebida. A matéria será atualizada assim que novas informações chegarem.

Comentários

Últimas notícias