MUITA ÁGUA

Em poucas horas, Recife registra metade da chuva esperada para todo o mês de fevereiro

Com média histórica de 144,20 mm de precipitação, o mês de fevereiro no Recife geralmente ultrapassa a marca de 70 mm de chuva apenas após o acumulado de 15 dias de temporal

Vanessa Moura
Vanessa Moura
Publicado em 26/02/2021 às 10:38
Notícia

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Espinheiro, Zona Norte do Recife - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

Nesta sexta-feira (26), diversos pontos do Recife amanheceram debaixo d'água. O motivo? Em poucas horas, choveu na capital pernambucana a metade de toda a precipitação esperada para o mês inteiro. Foram 71,39 mm, até às 9h. Com muita água em um curto período de tempo, as consequências foram de alagamentos e muitos transtornos pela cidade. Em entrevista à Rádio Jornal, o secretário-executivo da Defesa Civil do Recife, Cássio Sinomar, falou a respeito.

“Nessas seis horas de chuva já foi a metade do previsto para o mês todo de fevereiro. Nós tivemos mais chuva na área norte. Nas zonas Sul e Oeste, tivemos cerca de 40 [milímetros], um pouco menos de chuva, mas na área central e Norte, chegamos a registrar 70 mm”, disse o secretário.

>> Chuvas fortes causam alagamentos e outros transtornos no Grande Recife nesta sexta-feira

>> Apac alerta para chuva moderada a forte em parte do Estado de Pernambuco

No Recife, os bairros de Santo Amaro, na área central, e Campina do Barreto, na Zona Norte, registraram os maiores índices pluviométricos da cidade, com 71,39 mm e 64,58 mm, respectivamente. Os dados forma colhidos às 9h desta sexta. 

Com média histórica de 144,20 mm de precipitação, o mês de fevereiro, no Recife, geralmente ultrapassa a marca de 70 mm de chuva somente após acumular 15 dias de temporal. Nesta sexta, o número foi atingido em apenas nove horas de monitoramento.

Segundo Romilson Ferreira, meteorologista da Apac, este índice de chuva, neste momento do ano, não é comum. "A gente ainda não está no período chuvoso da nossa região, então o que a gente pode dizer é que não é normal, a chuva está acima do que é esperado pra este período", revelou. 

>> Veja imagens da chuva desta sexta-feira (26) no Grande Recife

Este grande índice de água, somado ao pico da maré de 2,3 metros, registrado às 3h23, interferiu na formação de diversos pontos de alagamento na cidade.

>> Goiana, na Zona da Mata, amanhece com muita chuva e pontos de alagamento; veja onde mais choveu em Pernambuco

Na Avenida Agamenon Magalhães, nas proximidades do Clube Português, um ponto de alagamento no sentido Recife foi formado. A via local e principal da avenida estavam alagadas por volta das 7h. 

>> Veja a previsão do tempo para esta sexta-feira (26) em Pernambuco

Já no bairro do Espinheiro, na Zona Norte do Recife, algumas ruas também ficaram completamente submersas pela água no início da manhã. A situação se repetiu pra quem vinha da Zona Sul do Recife, nas proximidades do Cais Estelita.

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Carro quebrado na rua Otton Paraíso, Torreão, Zona Norte do Recife - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Carro quebrado na rua Otton Paraíso, Torreão, Zona Norte do Recife - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Este grande índice de água, somado ao pico da maré de 2,3 metros, registrado às 3h23, interferiu na formação de diversos pontos de alagamento na cidade - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Avenida Agamenon Magalhães, Recife. - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Avenida Agamenon Magalhães, Recife. - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Avenida Mário Melo, Santo Amaro - Recife - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Avenida Mário Melo, Santo Amaro - Recife - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM

Para conter alguns estragos, a Prefeitura do Recife informou que mobilizou várias secretarias e órgãos nesta sexta-feira. Além disso, de acordo com a Defesa Civil da capital, apenas ocorrências leves foram feitas durante a madrugada e início da manhã, sendo sete solicitações de vistorias e 21 pedidos de colocação de lonas plásticas.

Equipes da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) também estão trabalhando nas áreas afetadas pelas chuvas. Segundo informações do órgão, da 0h às 8h desta sexta, foi registrado um acidente de trânsito sem vítima fatal, além de ocorrências de mau funcionamento em 32 semáforos, dos quais, às 9h, cinco tinham sido atendidos. 

Dentre os transtornos, a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) recebeu quatro ocorrências de queda parcial ou total de árvores na cidade. Todas elas já foram atendidas e concluídas, segundo Emlurb. 

Alerta

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) divulgou, às 19h da quinta-feira (25), um alerta para a possibilidade de chuva com intensidade moderada a forte na Região Metropolitana do Recife (RMR), na Zona da Mata Norte, no Agreste e no Sertão de Pernambuco.

O alerta é válido até esta sexta-feira (26). 

A Defesa Civil do Recife mantém um plantão permanente, podendo ser acionada pelo telefone 0800 081 3400. A ligação é gratuita e o atendimento, 24h. A orientação é que, em caso de necessidade, moradores de locais de risco procurem abrigos seguros e acionem o órgão.

Previsão do tempo

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a previsão do tempo para esta sexta-feira (26) na Região Metropolitana do Recife (RMR) é de que o dia será parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva de forma isolada ao longo do dia com intensidade moderada a forte. A Mata Norte, a Mata Sul e o Agreste também seguem com a mesma previsão.

Já no Sertão pernambucano e no Sertão do São Francisco, o tempo deverá ser nublado a parcialmente nublado com pancadas de chuva de forma isolada ao longo do dia com intensidade moderada a forte.

>> Apac alerta para chuva moderada a forte em parte do Estado de Pernambuco

O Arquipélago Fernando de Noronha, por sua vez, deve registrar um céu parcialmente nublado e sem chuva em toda a região.

Temperaturas

Grande Recife - Mínima de 21°C e máxima de 32°C;
Mata Norte - Mínima de 22°C e máxima 33°C;
Mata Sul - Mínima de 21°C e máxima de 32°C;
Agreste - Mínima de 19°C e máxima de 35°C;
Sertão de Pernambuco - Mínima de 19°C e máxima de 36°C;
Sertão de São Francisco - Mínima de 22°C e máxima de 37°C;
Fernando de Noronha - Mínima de 26°C e máxima de 31°C.

 

Comentários

Últimas notícias