crime

Polícia Civil investiga estupro de criança de 9 anos nos Coelhos, na Área Central do Recife

Vítima teria sofrido violência sexual por parte de um vizinho

JC
JC
Publicado em 11/03/2021 às 9:28
Notícia
JC IMAGEM
Segundo a mãe da vítima, o homem atraiu a criança oferecendo R$ 2 - FOTO: JC IMAGEM
Leitura:

Com informações do repórter Matheus Rocha, da TV Jornal

A Polícia Civil de Pernambuco investiga um caso de estupro de vulnerável que teria ocorrido na manhã dessa quarta-feira (10) no bairro dos Coelhos, na Área Central do Recife. Uma menina de 9 anos teria sido vítima de violência sexual praticada por um vizinho.

O caso se deu quando a família da criança tinha ido ao cartório e a deixou com a avó paterna. Na volta para casa, os vizinhos relataram à família que viram a menina entrar na casa do suspeito. Segundo a mãe da vítima, o homem atraiu a criança oferecendo R$ 2.

"Quando chegamos ela saiu correndo, então quando chegou em casa, que fui conversar com ela, eu perguntei 'ele fez alguma coisa com você?' ela disse: 'não, mamãe. Ele pediu para eu tirar a roupa, eu tirei e ele também tirou a dele. Depois ele mandou eu me deitar. Quando fui me deitando, vocês chegaram", contou a mãe da menina, em entrevista à TV Jornal.

O pai da criança afirmou que ao chegar na casa do suspeito, encontrou o homem sem roupas, tentando esconder a menina. Na ocasião, os dois chegaram a ter um confronto físico. 

"Quando bato na porta que olho, ele, seminu, estava tentando esconder ela debaixo do colchão. Quando empurrei a porta, ela se levantou vestindo a roupa e ele também. Eu nervoso já fui em cima dele", contou o pai.

A família procurou o Conselho Tutelar, que encaminhou a menina ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Pernambuco para fazer exame sexológico. "Entrei em contato com a gerente do departamento de polícia da criança e adolescente informando o que estava se passando. A criança foi ouvida e foram feitos os procedimentos administrativos e depois ela foi encaminhada ao IML", disse o conselheiro Tales Peter.

Segundo ele, a menina será encaminhada a um centro de referência especializado para crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual ou violência. Após o crime, o suspeito fugiu do local.

Por meio de nota, a Polícia Civil afirmou que "as investigações seguirão até a completa elucidação do crime e prisão do autor".

 

Comentários

Últimas notícias