SAÚDE

Hospital Regional do Agreste, em Caruaru, não tem mais leitos disponíveis

Atualmente, o HRA possui 18 leitos de UTI voltados para o tratamento da covid-19, todos estão ocupados

JC
JC
Publicado em 11/03/2021 às 16:54
Notícia
Divulgação/SES-PE
Idosa estava internada no HRA desde que foi esfaqueada pelo filho - FOTO: Divulgação/SES-PE
Leitura:

Referência na região, o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, no Agreste do Estado, está com todas suas vagas ocupadas. A informação, confirmada pela assessoria de imprensa da unidade, foi divulgada nesta quinta-feira (11). O HRA possui 18 leitos de UTI voltados para o tratamento da covid-19. Essas vagas, reguladas pela Secretaria de Saúde de Pernambuco, estão todas preenchidas. 

Atualmente, o hospital possui 191 leitos, incluindo as enfermarias, salas verde, amarela e vermelha e UTI. Todos estão ocupados. A unidade, que é referência em trauma de alta complexidade, atende à macrorregional Caruaru, que abrange 87 municípios das microrregiões de saúde de Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada.  

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que vem realizando de forma permanente o monitoramento da situação epidemiológica do Estado e a rede de assistência. A SES-PE destacou que tem realizado as ações necessárias para garantir o atendimento dos pernambucanos, ampliando os leitos na rede própria e contratualizando na privada. De acordo com a secretaria, o esforço "tem possibilitado a oferta, atualmente, de mais de 2,1 mil vagas de UTI e enfermaria em todas as regiões pernambucanas".

No Estado, a Central de Regulação tem atuado para "fazer os encaminhamentos necessários para os hospitais de referência e para demais leitos criados para o atendimento desses pacientes em todo o Estado. Ou seja, os pacientes podem ser transferidos para hospitais de referência em todo o Estado, já que estamos falando de uma rede estadual de saúde. Frisa-se que a rotatividade nesses leitos é extremamente dinâmica e se renova permanentemente".

A SES-PE destacou que "neste momento de aceleração da doença no Estado, é preciso que todos reforcem a adoção do cuidado e respeitem as regras de prevenção, porque só assim será possível diminuir a aceleração da doença e a quantidade de pacientes com quadros graves da covid-19".

Na última terça-feira (9), o governador Paulo Câmara (PSB) utilizou as redes sociais para falar da abertura de novos leitos de UTI no Estado. 

O Hospital Mestre Vitalino (HMV), que também está localizado no município de Caruaru, Agreste de Pernambuco, também está funcionando sobre pressão. O HMV oferece assistência a residentes de vários municípios com sintomas sugestivos da doença e a maioria dos seus 80 leitos de terapia intensiva (UTI) estão ocupados com pacientes que apresentam quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

No Estado, os leitos de UTI públicos destinados aos casos de covid-19 estão com uma taxa de ocupação de 95%. Para os leitos de enfermaria públicos, a ocupação é de 82%. Em relação a rede privada de saúde, a ocupação dos leitos de UTI está em 89%, enquanto os leitos de enfermaria registraram ocupação de 65%.

 

 

Comentários

Últimas notícias