PANDEMIA

Procon-PE flagra festa clandestina e interdita três estabelecimentos no Grande Recife

Os locais foram interditados pelo Procon Pernambuco após descumprimento do decreto de combate à covid-19, estabelecido pelo Governo do Estado

Julianna Valença
Julianna Valença
Publicado em 03/05/2021 às 10:39
Notícia
Divulgação/Procon-PE
Só em 2021, o Procon-PE registrou 697 estabelecimentos fiscalizados, 187 autuados e 53 interditados. - FOTO: Divulgação/Procon-PE
Leitura:

Após denúncias, três estabelecimentos foram interditados nesse fim de semana pelo Procon Pernambuco na Região Metropolitana do Recife, após descumprirem o decreto de combate à covid-19 estabelecido pelo Governo do Estado. Uma das ações, realizada no sábado (1º), flagrou uma casa de shows, localizada no Curado 5, Jaboatão do Guararapes, realizando uma festa clandestina com cerca de 40 pessoas.

Na casa de shows, identificada como Parque Show Curado, os fiscais do Procon-PE flagraram uma festa de aniversário. Segundo os agentes, no local havia pessoas promovendo aglomerações sem máscara. As 40 pessoas foram conduzidas pela Polícia Militar para a Delegacia de Prazeres, também em Jaboatão dos Guararapes.

Divulgação/Procon-PE
Uma festa clandestina com 40 pessoas foi encerrada na casa de show Parque Show Curado - Divulgação/Procon-PE

As outras duas interdições aconteceram no Recife, nos bares Liamba, localizado no bairro das Graças, Zona Norte, e Back da Capung Beer, na Madalena, Zona Oeste. Ambos funcionavam após as 18h - horário máximo de funcionamento estabelecido pelo Governo para bares e restaurantes nos fins de semana e feriados.

“Vamos continuar fiscalizando e punindo quem não cumprir as medidas previstas pelo Governo de Pernambuco. Não é nossa intenção punir ninguém, mas os estabelecimentos e as pessoas precisam se conscientizar do momento de difícil que estamos atravessando”, afirmou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

A operação contou com a participação da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), Polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros. Segundo o Procon-PE, só em 2021, 697 estabelecimentos já foram fiscalizados, 187 autuados e 53 interditados.

Divulgação/Procon-PE
Uma festa clandestina com 40 pessoas foi interditada na casa de show Parque Show Curado. - Divulgação/Procon-PE
Divulgação/Procon-PE
Só em 2021, o Procon-PE registrou 697 estabelecimentos fiscalizados, 187 autuados e 53 interditados. - Divulgação/Procon-PE

Divulgação/Procon-PE
Uma festa clandestina com 40 pessoas foi interditada na casa de show Parque Show Curado. - FOTO:Divulgação/Procon-PE

Comentários

Últimas notícias