FISCALIZAÇÃO

Festa clandestina com mais de 400 pessoas é encerrada pelo Procon-PE em Jaboatão e bar é interditado no Recife

Os participantes estavam numa residência em Jaboatão dos Guararapes na noite deste sábado (15). Muitos não utilizavam máscara e não praticavam o distanciamento social. Ambos são necessários para evitar a contaminação pelo novo coronavírus

Angela Fernanda Belfort
Angela Fernanda Belfort
Publicado em 16/05/2021 às 16:42
Notícia
Divulgação / Procon-PE
Com a chegada dos fiscais do órgão muitos se evadiram, mas um grupo ainda foi conduzido para a Delegacia de Prazeres - FOTO: Divulgação / Procon-PE
Leitura:

O Procon Pernambuco encerrou uma festa clandestina que acontecia em uma residência no bairro de Manassu, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, na noite deste sábado (15). A desarticulação do evento ocorreu numa fiscalização do órgão. Há um decreto do governo do Estado proibindo a realização de eventos deste tipo por causa da pandemia. 

>> Procon PE interdita campo society e notifica dois estabelecimentos que descumpriram medidas restritivas no Recife 

Localizada numa chácara de difícil acesso, a festa foi divulgada nas redes sociais como live, mas contava com show ao vivo e bebidas alcoólicas. Boa parte do grupo não utilizava máscara e não respeitava o distanciamento social.

Com a chegada dos fiscais do órgão muitos se evadiram, mas um grupo ainda foi conduzido para a Delegacia de Prazeres. Todos assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e um inquérito foi aberto para investigar quem são os responsáveis.

A operação contou com a participação da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), e da Polícia Militar, representada pelo Batalhão de Choque. “A realização de festas com o descumprimento das medidas sanitárias, em um momento delicado como este da pandemia, é uma agressão não só as autoridades, mas a toda a população que acaba sendo amplamente afetada”, afirma o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

Foto: Divulgação Procon-PE
Mais de 400 pessoas estavam numa festa clandestina numa chácara de difícil acesso em Jaoatão dos Guararapes neste sábado (15). O evento foi desarticulado pelo Procon. Muitos participantes não usavam máscara nem praticavam o distanciamento social. - Foto: Divulgação Procon-PE

As pessoas interessadas em denunciar irregularidades podem fazer através do WhatsApp do Procon: 081 3181.7000, ou pelo Instagram do órgão: @proconpe.

Interditado

Ainda neste sábado (15), o bar Empório Sertanejo, localizado na Rua da Hora, no Espinheiro, Zona Norte do Recife, foi autuado e interditado. O local funcionava com clientes após o horário permitido pelo decreto. O gerente do bar foi encaminhado para a Delegacia para prestar esclarecimentos.


Foto: Divulgação Procon-PE
Mais de 400 pessoas estavam numa festa clandestina numa chácara de difícil acesso em Jaoatão dos Guararapes neste sábado (15). O evento foi desarticulado pelo Procon. Muitos participantes não usavam máscara nem praticavam o distanciamento social. - FOTO:Foto: Divulgação Procon-PE

Comentários

Últimas notícias