PANDEMIA

Jornalistas e Radialistas protestam por vacina nesta quarta-feira (9)

A classe é considerada grupo essencial desde o começo da pandemia do coronavírus, com atuação na linha de frente

Julianna Valença
Julianna Valença
Publicado em 09/06/2021 às 12:33
Notícia
Divulgação/Sinjope
Os sindicatos de Jornalistas e Radialistas de Pernambuco pedem inclusão da categoria no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19. - FOTO: Divulgação/Sinjope
Leitura:

Os sindicatos de Jornalistas e Radialistas de Pernambuco foram às ruas, na manhã desta quarta-feira (9), em ato para pedir a inclusão da categoria no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19. A classe é considerada grupo essencial desde o começo da pandemia do coronavírus, com atuação na linha de frente. A manifestação é de caráter nacional e também acontece em outras cidades do País.

O ato organizado pelo grupo começou em frente ao monumento tortura nunca mais, na Rua da Aurora, região central do Recife e segue pelo Palácio do Campo das Princesas. Segundo o presidente do Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco (Sinjope), Severino Júnior, o grupo fez uma solicitação oficial à Secretaria Estadual de Saúde para que os profissionais sejam incluídos como prioridade na fila de imunização.

“A gente entende que não se combate uma pandemia sem uma informação verdadeira e clara. E quem é responsável pela entrega dessa informação - necessária para todos -, são homens e mulheres que saem todos os dias de suas casas, se arriscam em hospitais e locais de ponto de vacinação, então é uma questão prioritária para a gente”, afirmou o presidente do Sinjope. “Se o jornalista é uma categoria essencial para trabalhar desde o início da pandemia, ela também deve ser uma categoria essencial para receber a vacina”, completa Severino. 

A classe também protesta nas redes sociais, circulando um abaixo-assinado que pede a priorização dos profissionais. Diversos profissionais da imprensa local e nacional também fizeram publicações em apoio ao ato.

 

Comentários

Últimas notícias