IMUNIZAÇÃO

Polícia Federal apura sumiço de vacinas contra covid-19 em cidade do Agreste de Pernambuco

Caso teria acontecido durante um mutirão de imunização em Brejo da Madre de Deus

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 30/06/2021 às 11:39
Notícia
HELIA SCHEPPA/SEI
Fiocruz informou que a 2ª dose pode ser administrada em um intervalo de quatro a 12 semanas após a 1ª - FOTO: HELIA SCHEPPA/SEI
Leitura:

A Polícia Federal em Pernambuco vai apurar o sumiço de dois fracos com, ao todo, dez vacinas AstraZeneca contra a covid-19 em Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco. Segundo nota divulgada nesta quarta-feira (30) pela prefeitura da cidade, o desaparecimento das doses teria acontecido no dia 1º de junho, durante um mutirão de imunização.

A prefeitura disse ter tomado ciência do caso após notar a falta dos imunizantes durante computação no sistema e por uma denúncia. Então, "logo que foi informada do ocorrido", abriu um inquérito administrativo e afastou as pessoas envolvidas das suas funções —  sem informar quem elas seriam — "até que tudo fosse apurado".

No entanto, por nota, deixou claro que a secretária de Saúde, Anne Gabrielle, não foi citada na denúncia apresentada e que "não existe nada que abale a sua conduta". "Todas as medidas legais junto a Polícia Federal e órgãos responsáveis já foram tomadas", informou a prefeitura.

Em vídeo, a secretária esclareceu que o "desvio está sendo investigado por todas autoridades competentes, inclusive pela PF, e que a gestão do prefeito Roberto Asfora preza por uma gestão transparente e que cheguem informações verdadeiras à população, sem fake news".

A Polícia Federal disse que não comenta investigações em andamento, e que pode dizer apenas que já recebeu o ofício da Prefeitura na Delegacia de Caruaru, também no Agreste, e está analisando o caso.

A Prefeitura de da Madre de Deus defendeu sempre ter pautado "como pontos fundamentais da administração a transparência, seriedade, compromisso e respeito", que lamenta "profundamente" o ocorrido e aguarda o resultado das investigações.

Brejo da Madre de Deus confirmou, até essa terça-feira (29), 1.914 casos do novo coronavírus. Desses, 63 infectados morreram pela doença.

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) alegou sempre distribuir 5% mais doses do que as necessárias para o público alvo, e que, por isso, não deve haver prejuízo à campanha de imunização contra a covid-19 em Brejo da Madre de Deus.

Comentários

Últimas notícias