flexibilização

Veja os horários de funcionamento dos shoppings após ampliação anunciada pelo Governo de Pernambuco

Em coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (2), o Governo de Pernambuco anunciou novas mudanças no plano de convivência com a covid-19 no Estado, que passam a valer já a partir da próxima segunda-feira (5)

Bruna Oliveira Luisa Farias
Bruna Oliveira
Luisa Farias
Publicado em 02/07/2021 às 13:21
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
RIOMAR Além do evento, mall também é espaço ideal para comprar o presente do Dia dos Avós, inclusive online - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (2), o Governo de Pernambuco anunciou uma nova flexibilização no plano de convivência com a covid-19 no Estado, que passa a valer já a partir da próxima segunda-feira (5). Na entrevista, o governo anunciou a ampliação do horário de funcionamento dos shoppings centers, de acordo com a região do Estado.

>> Pernambuco amplia funcionamento de eventos, bares, restaurantes e shoppings

A partir da próxima semana, os malls da macrorregião I, que compreende as cidades da Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata e parte do Agreste, terão os horários ampliados até as 22h nos fins de semana e feriados. Antes, os estabelecimentos só podiam funcionar nesse horário em dias de semana.

Já nas macrorregiões II, III (Sertão do Moxotó e Pajeú) e IV, os shoppings irão funcionar até as 22h nos dias de semana e até as 21h nos fins de semana e feriados. A diferença nesse ponto é apenas referente à macrorregião III, que anteriormente tinha os centros de compras funcionando até as 18h em dias de semana, fins de semana e feriados.

Os cinemas, por sua vez, na macrorregião I, vão funcionar das 9h às 23h, na semana, e das 9h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 10h às 22h, na semana, e das 10h às 21h, aos sábados e domingos.

Já nas macrorregiões II, III e IV, vão poder funcionar das 9h às 22h, na semana, e das 9h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 100 para 200 ou 50% da capacidade do local, o que for menor.

Repercussão

Por meio de nota, o presidente da Associação Pernambucana de Shopping Centers (Apesce), Paulo Carneiro, comemorou o aumento da capacidade de público permitida nos cinemas de 30% para 50% e a ampliação do horário de funcionamento dos shoppings e dos restaurantes até as 22h nos finais de semana e feriados. As medidas eram pleito da associação.

De acordo com a Apesce, o maior período de funcionamento faz com que o fluxo de pessoas no local seja diluído, “além de gerar e manter empregos em razão dos turnos plenos de atividades”.

“Os shoppings são ambientes controlados e que mantêm o cumprimento de um rigoroso protocolo de segurança sanitária. Com a melhora dos números da Covid-19 e a responsabilidade de todos para evitar a propagação da doença, é mais uma sinalização de confiança para impulsionar o setor, que há mais de um ano vem sofrendo com horários restritos”, diz trecho da nota.

O que muda no Plano de Convivência com a Covid-19 em Pernambuco a partir do próximo dia 05/07

O Estado já vinha flexibilizando atividades em meio à redução nos indicadores da pandemia. Nessa quinta-feira (1º), Pernambuco registrou a mais longa tendência de queda na média móvel de mortes pela covid-19 desde 2020. Além do setor de shoppings, os eventos sociais, cinemas, bares, restaurantes e outros passarão por mudanças a partir da próxima segunda. Veja o que muda:

Eventos sociais/buffet:

Na macrorregião I, que engloba o Grande Recife, as zonas da Mata Norte e Sul e parte do Agreste, vão funcionar das 8h às 23h, durante a semana, e das 8h às 22h, nos finais de semana.

Já nas macrorregiões II, III e IV, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, será de 50 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo continua proibido.

Ex: Aniversários, batizados, bodas, casamentos, festas infantis, formaturas e noivados.

Eventos corporativos:

Na macrorregião I, vão funcionar das 8h às 22h, tanto durante a semana quanto aos sábados e domingos. Antes, podiam funcionar até às 21h nos finais de semana.

Já nas macrorregiões II, III e IV, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 50 pessoas para 100 ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo continua proibido.

Ex: Assembleias, capacitações, cursos, conferências, congressos, convenções, encontros, entrevistas, fóruns, painéis, palestras, reuniões, simpósios, seminários, solenidades, treinamentos, webinar e workshops.

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico:

Na macrorregião I, vão funcionar das 8h às 23h, na semana, e das 8h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar até às 22h, na semana, e às 21h, aos sábados e domingos.

Já nas macrorregiões II, III e IV, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 50 para 100 ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo, alimentos e bebidas continuam proibidos.

Cinema, teatro e circo:

Na macrorregião I, vão funcionar das 9h às 23h, na semana, e das 9h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 10h às 22h, na semana, e das 10h às 21h, aos sábados e domingos.

Já nas macrorregiões II, III e IV, vão poder funcionar das 9h às 22h, na semana, e das 9h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 100 para 200 ou 50% da capacidade do local, o que for menor.

Museus e demais equipamentos culturais:

Na macrorregião I, vão funcionar das 9h às 22h, na semana e nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 10h às 22h, na semana, e das 10h às 21h, aos sábados e domingos.

Já nas macrorregiões II, III e IV, vão poder funcionar das 9h às 22h, na semana, e das 9h às 21h, no final de semana. Continua permitido um visitante a cada 20 metros quadrados nas áreas expositivas internas, e um visitante a cada 10 metros quadrados nas áreas expositivas externas.

Clubes sociais:

Na macrorregião I, vão funcionar das 5h às 23h, na semana, e das 5h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 5h às 22h, na semana, e das 5h às 21h, aos sábados e domingos.

Já nas macrorregiões II, III e IV, vão poder funcionar das 5h às 22h, na semana, e das 5h às 21h, no final de semana. Continua vedado o funcionamento de saunas e música ao vivo.

Bares e restaurantes

Na macrorregião I, bares e restaurantes também ganham uma hora a mais de funcionamento. Agora, eles poderão abrir até as 23h, nos dias de semana, e até as 22h, no fim de semana.

Veja os municípios que cada macrorregião engloba

As cidades da macrorregião I

Gerência Regional de Saúde (Geres) I

Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Chã de Alegria, Chã Grande, Fernando de Noronha, Glória do Goitá, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Pombos, Recife, São Lourenço da Mata, Vitória de Santo Antão.

Geres II

Bom Jardim, Buenos Aires, Carpina, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Lagoa do Carro, Lagoa do Itaenga, Limoeiro, Machados, Nazaré da Mata, Orobó, Passira, Paudalho, Salgadinho, Surubim, Tracunhaém, Vertente do Lério, Vicência.

Geres III

Água Preta, Amaraji, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortes, Escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Lagoa dos Gatos, Maraial, Palmares, Primavera, Quipapa, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré, Xexéu.

Geres IX

Aliança, Camutanga, Condado, Ferreiros, Goiana, Itambé, Itaquitinga, Macaparana, São Vicente Ferrer, Timbaúba.

As cidades da macrorregião II

Geres IV

Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Caitano, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes.

Geres V

Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçado, Canhotinho, Capoeira, Correntes, Garanhuns, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmeirinha, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha.

As cidades da macrorregião III

Geres VI

Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Inajá, Jatobá, Manari, Pedra, Petrolândia, Sertânia, Tacaratu, Tupanatinga, Venturosa.

Geres X

Afogados da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba, Iguaracy, Ingazeira, Itapetim, Quixabá, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira, Tuparetema.

Geres XI

Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, Serra Talhada, Triunfo.

As cidades da macrorregião IV

Geres IX

Araripina, Bodocó, Exú, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade.

Geres VII

Belém de São Francisco, Cedro, Mirandiba, Salgueiro, Serrita, Terra Nova, Verdejantes.

Geres VIII

Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista. 

 

Comentários

Últimas notícias