POLÍCIA

Casal morre em incêndio em apartamento na Zona Sul do Recife; polícia investiga caso como homicídio

Um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso, que está sob o comando da 3ª Delegacia de Polícia de Homicídios (DPH)

JC
JC
Publicado em 07/08/2021 às 12:39
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Apartamento é situado na Rua Capitão Zuzinha, bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. No apartamento, tudo estava revirado. Ao lado do corpo da mulher, a polícia recolheu uma faca - FOTO: TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

Com informações da repórter Juliana Oliveira, da TV Jornal

Um casal foi encontrado carbonizado dentro de um apartamento que pegou fogo na Rua Capitão Zuzinha, bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, na madrugada deste sábado (7). A mulher tinha 29 anos, e o namorado, 33. A polícia investiga o caso como homicídio, mas não detalhou como o crime teria acontecido.

Por nota, o Corpo de Bombeiros diz ter sido acionado às 2h56 para a ocorrência, que enviou equipes de resgate e combate a incêndio ao local e que já encontrou os dois corpos queimados no apartamento. Além deles, duas pessoas, "possivelmente moradores que estavam com sinais de intoxicação", foram socorridas.

No apartamento, tudo estava revirado; as chamas destruíram móveis e eletrodomésticos. Por pouco, o fogo não consumiu outros imóveis. O apartamento de cima ficou com a varanda queimada e os corredores do prédio ficaram com as as marcas do incêndio.

Segundo vizinhos, ambos iniciaram uma discussão após chegarem de um bar. Por volta da 0h, moradores ouviram barulhos no apartamento, e, em seguida, viram um princípio de incêndio.

"Às 2h, escutei os gritos da vizinhança dizendo que o prédio estava pegando fogo. Fui na escada e já vi a fumaça saindo do 5º andar. Peguei meu filho, minha mãe e meu esposo e descemos. Na rua, vimos o pessoal pedindo socorro, gritando para que chamassem os bombeiros. Algumas pessoas subiram e tentaram jogar água, mas não conseguiram, porque a fumaça estava muito grande. Ficamos na espera dos bombeiros para retirá-los", disse uma moradora, que não quis se identificar.

Nas redes sociais, amigos da mulher morta relataram que a vítima vivia um relacionamento abusivo. Ainda segundo eles, a mulher havia inclusive informado ao parceiro, também encontrado morto, que estava acabando o relacionamento. 

"Se sua amiga vive um relacionamento abusivo, se meta. Ela não nos ouviu", desabafou uma das amigas da vítima em uma postagem. 

A polícia investiga o caso como homicídio, mas não detalhou como o crime teria acontecido.

Ao lado do corpo da mulher, a polícia recolheu uma faca, mas não conseguiu identificar perfurações, já que o corpo estava carbonizado. A perícia não descarta a possibilidade de que, antes do crime, o casal tenha entrado em luta corporal, já que no peito do homem havia marcas de agressão.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML). Um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso, que está sob o comando da 3ª Delegacia de Polícia de Homicídios (DPH).

Comentários

Últimas notícias