FINAL DE ANO

Recife não terá shows no réveillon promovidos pela prefeitura, diz João Campos

O prefeito, porém, não cravou a proibição de festas privadas na virada de ano no Recife

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 30/11/2021 às 8:42
Notícia
Foto: André Nery/Acervo JC Imagem
"Não haverá shows promovidos pela prefeitura do Recife no Réveillon da cidade", disse o gestor - FOTO: Foto: André Nery/Acervo JC Imagem
Leitura:

O prefeito João Campos (PSB) anunciou que a prefeitura do Recife não realizará os tradicionais shows na virado do ano da capital pernambucana. A declaração foi dada durante entrevista à GloboNews nesta terça-feira (30). O socialista, porém, não cravou a proibição de festas privadas na virada de ano no Recife. Em Caruaru, no Agreste, e Petrolina, no Sertão, o evento público também foi cancelado.

"Hora nenhuma, nós anunciamos que o Recife faria uma festa de réveillon. Não haverá shows promovidos pela prefeitura do Recife no Réveillon da cidade. Desta forma, não teremos eventos como sempre acontecem na Orla de Boa Viagem, no Polo Pina, que são as principais praias do Recife", disse João Campos, afirmando que o município, contudo, contará com queima de fogos - sem estampido (barulho) - em pontos descentralizados.

"Faremos queimas de fogos sem estampido descentralizadas na cidade. Então, vai ter na Zona Sul, na Zona Norte, na Zona Oeste, além da queima tradicional de fogos na Avenida Boa Viagem, mas sem promoção de shows, que causam grandes aglomerações, chegando a registrar mais de 1 milhão de pessoas", emendou o gestor.

Cidades já cancelaram festa

Com a chegada do mês de dezembro, diversas cidades começam a anunciar se realizarão, ou não, festividades públicas para comemorar o réveillon. Os municípios que estão cancelando justificam que ainda estamos em meio à pandemia de covid-19.

Caruaru

A Prefeitura de Caruaru informou que não irá realizar festa de réveillon no município, na virada de 2021 para 2022. O objetivo é não promover aglomerações e evitar a transmissão da covid-19. A gestão informa ainda que segue avançando com a vacinação no município, e que 99% da população já foi imunizada com a primeira dose.

Petrolina

O Réveillon e o Carnaval de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, foram cancelados em decorrência do crescimento do número de casos e surgimento de novas variantes do coronavírus. O anúncio foi feito pelo prefeito do município Miguel Filho (DEM), na manhã desta terça-feira (30).

De acordo com Miguel, Petrolina já havia se planejado para preparar a tradicional festa de fim de ano. No entanto, por causa dos últimos dados da pandemia, os shows foram suspensos e apenas será realizada a queima de fogos de artifício na Orla do município.

Salvador

O prefeito de Salvador (BA), Bruno Reis, anunciou o cancelamento do Festival Virada, para celebrar o réveillon, na segunda-feira (29). O gestor destacou que a decisão sobre a realização do Carnaval ainda não foi tomada, e será divulgada junto com o Governo da Bahia.

Reis destacou que embasou a decisão nos dados relacionados à pandemia, como: a ocupação de leitos, números de óbitos e internações, além do avanço da vacinação na capital baiana.

"Hoje, Salvador tem 99% da população acima dos 12 anos vacinada em 1ª dose, e 81% da mesma faixa com a 2ª dose. Estamos vacinando pessoas do interior, sem exigir que o cartão do SUS seja de Salvador, e que as pessoas tenham o nome na lista. Também já estamos vacinando todos acima de 18 anos, com a terceira dose, a partir dos cinco meses da data da 2ª aplicação", disse.

Fortaleza

Na capital do Ceará, Fortaleza, o prefeito José Nogueira (PDT) anunciou que está descartada a possibilidade da realização de festa pública de réveillon, em razão da pandemia de covid-19.

A decisão da prefeitura saiu um dia depois de o governador Camilo Santana anunciar que grandes eventos de réveillon estão proibidos em todo o Estado em 2021. Em uma transmissão ao vivo nas redes sociais, na sexta-feira (26), o governador informou que só serão permitidos eventos cumprindo as medidas previstas em decreto anterior para o período.

João Pessoa

Em João Pessoa, o prefeito Cícero Lucena anunciou, também na segunda-feira (29), que a Prefeitura não promoverá festas de rua em comemoração ao Réveillon este ano. A decisão foi tomada com o intuito de evitar aglomerações e a circulação de novas variantes da covid.

“Já temos mais de 86% da população vacinada com a segunda dose, mas é preciso cautela. Ao lado do Governo do Estado, resolvemos que o poder público não pode estimular aglomerações. Festa de rua impede medidas de controle, como a identificação de vacinados e do uso de máscaras”, explicou o prefeito.

A praia, no entanto, continuará liberada, com as pessoas usando máscaras e mantendo o distanciamento social. Festas em bares e em casas de shows podem acontecer com protocolos de prevenção.

Palmas

A Prefeitura de Palmas, capital do estado do Tocantins, confirmou na segunda-feira (29) que não haverá programação do réveillon 2022. Por causa da pandemia do coronavírus, o tradicional evento de virada de ano com direito a shows e queima de fogos de artifício não será realizado pelo segundo ano consecutivo.

Florianópolis

Florianópolis terá queima de fogos no réveillon este ano, mas sem shows. O objetivo é evitar aglomerações e o contágio da covid-19. A prefeitura confirmou na segunda-feira (29) que não haverá mudança nesse plano por conta da nova variantes ômicron do coronavírus. O município informou que a ideia é fomentar comemorações nos próprios bairros, para girar a economia local e evitar grandes aglomerações.

Belo Horizonte

Ao jornal O Globo, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, informou que não planejou comemoração de réveillon.

Cidades como São Paulo e Rio de Janeiro continuam com suas programações de festa de fim de ano.

Comentários

Últimas notícias