Violência

Em dia ensolarado, banhistas vivem tensão com tiros na praia de Boa Viagem

Disparos teriam sido feitos durante um assalto no calçadão. Não há registros de feridos

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 26/02/2022 às 16:38
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Tiroteio foi registrado na altura do Posto 5 da Praia de Boa Viagem - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

Frequentadores da Praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, viveram momentos de susto e tensão durante a manhã desta sábado (26), nas imediações do Posto 5. Segundo relato enviado ao JC, um tiroteio ocorreu no local, causando correria e medo. Não há registro de feridos no incidente.

"Eu e mais três amigos estávamos sentados na areia, perto do mar, quando ouvimos o primeiro disparo. Pouco depois, vieram os outros tiros, cerca de cinco. Foi aí que todo mundo começou a correr, se abaixar", detalhou uma mulher que estava na praia quando tudo aconteceu, mas prefere não se identificar.

>> Motoristas de aplicativo, como Uber e 99, são as novas vítimas da violência no Grande Recife. Investidas aumentaram 43% em 2021

>> Homem é morto e bala perdida atinge cliente de salão de beleza na Madalena, no Recife

>> Violência dentro de casa no Recife aumentou 17% em 2021, aponta o Instituto Fogo Cruzado

>> Com alta na violência, Prefeitura do Recife esqueceu área da segurança. Em 2022 será diferente?

Segundo essa mesma testemunha, na praia o comentário geral é de que os tiros vieram de dois homens em uma moto que tentaram assaltar algumas pessoas no calçadão. Como as potenciais vítimas fugiram sem entregar seus pertences, os suspeitos teriam feito os disparos contra elas.

Por nota, a Polícia Militar informou que "diversas ocorrências de arma de fogo na orla de Boa Viagem" foram geradas pela manhã, mas sem registro de feridos. No texto, a corporação conta que homens do 19º Batalhão foram enviados ao local, "mas não obtiveram informações" sobre o caso. O comunicado garante, ainda, que "após o fato, o comandante da unidade intensificou o policiamento no local".

Apesar da resposta da PM, a mulher que conversou com a reportagem sobre o ocorrido nega que a polícia tenha ido ao ponto em que houve o tiroteio. "Nós ainda passamos cerca de três horas na praia e não vimos nenhum policial. Estávamos até com um amigo de São Paulo, que disse ter ficado surpreso com a ausência dos militares", pontuou.

Comentários

Últimas notícias