NOVA CNH

Nova CNH: saiba quem deve tirar e qual o prazo de validade da documentação

O documento será válido para todas habilitações que serão emitidas ou substituídas a partir de 1º de junho deste ano

Bruno Vinicius
Cadastrado por
Bruno Vinicius
Publicado em 09/06/2022 às 10:25 | Atualizado em 09/06/2022 às 11:08
Ministério da Infraestrutura/Conselho Nacional de Trânsito
A substituição da CNH mais moderna não é obrigatória, ela será implementada de forma gradual - FOTO: Ministério da Infraestrutura/Conselho Nacional de Trânsito
Leitura:

A nova Carteira Nacional de Habilitação (CNH) já está disponível para aqueles que precisam tirar ou renovar a documentação. Com base na resolução 886/2021 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o documento será válido para todas as habilitações que serão emitidas ou substituídas a partir de 1º de junho deste ano.

Entretanto, a mudança de carteira ainda não é para todos os motoristas. Só será necessária a troca os condutores que renovarão sua habilitação, adicionarão uma categoria, pedirão revisão de algum dado impresso, quem solicitar a segunda via de documento e para quem tirar a carteira de motorista pela primeira vez.

O órgão afirma que os condutores pernambucanos devem agendar os serviços de renovação e mudança de categoria da CNH no site do Detran-PE (www.detran.pe.gov.br). A solicitação para a primeira prova destinada a 1ª via da CNH, é realizada por meio dos Centros de Formação de Condutores (CFCs). No site do Detran-PE também é possível encontrar tabela com todas as taxas referentes a cada solicitação.

Mantém-se a validade de 10 anos para motoristas de até 50 anos de idade, cinco anos para quem tem até 69 anos, e três anos para os condutores a partir dos 70 anos.

NOVO PADRÃO DA CNH

O novo modelo da CNH é semelhante ao padrão utilizado em outros países, redistribuindo as informações no documento. Agora, o documento possui identificação em português, inglês e francês. Além disso, a segurança também foi priorizada na nova. O modelo permitirá que se evite falsificações com novas tecnologias, a exemplo do uso de tinta que brilha no escuro, holograma e impressão reativa a luz ultravioleta.

Comentários

Últimas notícias