Entrevista

"Marco Maciel seria muito necessário nesse momento de crise", diz jurista Joaquim Falcão

Por mais de cinco décadas, Marco Maciel atuou de forma intensa na política

JC
JC
Publicado em 21/08/2020 às 10:27
Notícia
Divulgação
Marco Maciel completou 80 anos no dia 21 de julho - FOTO: Divulgação
Leitura:

O professor da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito Rio) Joaquim Falcão afirmou, na manhã desta sexta-feira (21), que o ex-vice-presidente Marco Maciel aprendeu a fazer política como a continuação da paz e não da guerra. "Marco Maciel seria muito necessário nesse momento de crise que o País passa, crise de desemprego, de saúde, de economia e de moral. Acho ele indispensável nesse momento, principalmente, pela sua vocação para pacificar", afirmou Falcão em entrevista à Rádio Jornal.

Marco Antonio Maciel completou 80 anos recentemente. Foram mais de cinco décadas de atuação, de forma intensa, na política. De líder estudantil a vice-presidente da República, passando pelos cargos de deputado estadual e federal, senador, governador de Pernambuco, além de ministro e presidente da Câmara dos Deputados. A partir do fim de 2014, se afastou da política por questões de saúde.

"Marco Maciel conseguia essa pacificação mesmo nos momentos de tensão. Na época dele, Pernambuco não estava calmo, tinha esquerda de um lado, Dom Helder Câmara, líderes nacionais, como Jarbas, Fernando Lira, divergentes e muito atuantes. Pernambuco estava no começo do Brasil no sentido de fazer a democracia. Hoje, sofremos com ausência dele e de dona Ana Maria, sua esposa", afirmou.

Comentários

Últimas notícias