eleições 2020

Concorrendo à Prefeitura de Paulista pela 3ª vez, Ramos diz que cidade está sucateada politicamente

O candidato afirmou que pretende dar incentivos aos militares do 17º Batalhão de Polícia Militar que servem no município.

JC
JC
Publicado em 16/10/2020 às 19:42
Notícia

LUCAS ROCHA/JC IMAGEM
Candidato à Prefeitura de Paulista pela terceira vez consecutiva, Ramos (PTB) é sabatinado pela Rádio jornal - FOTO: LUCAS ROCHA/JC IMAGEM
Leitura:

Arte: JC
Eleições 2020 - Arte: JC

Em sabatina da Rádio Jornal nesta sexta-feira (16), com os candidatos à Prefeitura de Paulista, o candidato a prefeito de Paulista, Ramos (PTB), disse que a cidade está sucateada politicamente e reafirmou que fará vários estudos técnicos nos âmbitos da educação, mobilidade, infraestrutura.

As entrevistas estão sendo realizadas no Balanço de Notícias e serão comandadas pelos apresentadores do programa Wagner Gomes e Felipe Vieira e um jornalista do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação.

>> Acompanhe a cobertura das Eleições 2020 do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação

Concorrendo ao cargo de prefeito de Paulista pela terceira vez consecutiva, Ramos (PTB), afirmou ter um programa de governo extenso porque a cidade está sucateada politicamente. "É uma tragédia. Fizemos o plano para que pudéssemos colocar na prática. Está extenso porque temos vários problemas, mas é coisa simples", esclareceu.

ORLA

No que tange às necessidades de construção e revitalização da orla, Ramos disse que vai procurar pessoas qualificadas para o trabalho. "Não somos técnicos e não entendo disso. Já detalhamos que vamos buscar técnicos que entenda, para que a gente possa salva a orla que tem 40 prainhas. Vai gerar emprego, vamos atrair empresas que possam fazer o turismo e todo o setor da praia. É necessário trazer técnicos para que a gente possa dar uma maneira de atrair quem vem investir e recuperar a Paulista do emprego, industrializada", ele disse que o projeto ainda não pode ser elaborado porque está em campanha.

SEGURANÇA PÚBLICA

Ramos ressaltou que pretende fazer parcerias com o governo do Estado para incentivar os policiais do 17º Batalhão de Polícia Militar instalado na cidade como forma de diminuição da criminalidade. "Vamos fazer parcerias para dar incentivo aos militares, o melhor local que eles possam viver. É terrível, o 17º vive em situação que não é muito boa, confortável. Tem que incentivar. A questão da Guarda Municipal tem que ser estudada, não temos a visão, temos que fazer a guarda, mas isso tem técnica, tem que ter estudo profundo, não pode fazer do dia para a noite. Vamos trabalhar, Paulista precisa ter segurança", pontuou.

"Vamos estudar uma maneira de incentivo nas instalações (do 17º), precisam ser melhoradas. Não é possível um cidadão daquele defender a população e não ter nem onde almoçar e dormir direito. Vamos fazer parcerias para tirar Paulista desse caos que vive há 16 anos".

EDUCAÇÃO

Um dos projetos de governo é a garantia do transporte gratuito para os alunos universitários carentes, e proporcionar o transporte escolar nos locais de difícil acesso. No entanto, 2021 será um ano financeiramente difícil devido à pandemia do coronavírus. Com isso, Ramos salientou que irá estudar, mas vai se debruçar para executar a ação. "A escola pública está sucateada, não há incentivo porque não existe cadeira. Não existe incentivo para professores. Vamos nos debruçar para resgatar a Paulista que existia a melhor educação, que era o Firmino da Veiga".

MOBILIDADE

Uma das sugestões de Ramos é unificar a passagem do vale A para todas as linhas com destino ao Terminal Integrado Pelópidas Silveira, e os recursos seriam advindos das multas de trânsito. O candidato disse que não vai intervir no Consórcio Recife, mas prometeu conversar com o governo de Pernambuco sobre a proposta. "Vamos ver de que maneira podemos chegar a esse patamar. O transporte de Paulista é o mais caro da Região Metropolitana e o trabalhador está sofrendo. Conheço profundamente isso, sou dirigente de uma classe sofrida. Vamos conversar. Conversa nunca é demais, vou chamar o governador do Estado e arrumar uma maneira jurídica e técnica para ver se conseguimos", declarou.

Arte: JC
Eleições 2020 - FOTO:Arte: JC

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias